Relatório 2004

Relatório sobre assassinatos de LGBT’s (2004)

Análise baseada no arquivo de dados do GGB (Grupo Gay da Bahia) para 2004
(fontes em anexo)

Assassinatos de homossexuais (dados GGB) em 2004158

Homicídios no Brasil em 2004 (tb aqui):  48.374

(clique na tabela para ampliar)

(ver convenções da tabela abaixo)

Encontrados mortos na residência = 59 casos (38%)

Mortos no local de trabalho/escritório = 3 (1,9%)

Mortos no próprio automóvel = 4 (2,6%)

O GGB divulgou 158 casos, mas há registros duplicados em seu arquivo de dados (ver abaixo) e também um registro vazio, deste modo, foram encontrados 155 casos em 2004.

A análise dos dados do GGB para 2004 revela:

LGBT’s que mataram LGBT’s, cerca de  30%  dos casos com motivação conhecida !!!

(o número pode ser ainda maior)

Há outros com motivação desconhecida mas suspeita do assassino ser um LGBT.

A maioria dos crimes com motivação desconhecida, estão relacionados com locais de prostituição, envolvem geralmente travestis. Diversos outros ocorrem na casa da vítima, que é encontrada despida ou semi-despida. Forte suspeita sobre companheiros de sexo casual, garotos de programa e as vezes clientes (bi ou homossexuais), ou seja, todos LGBT’s. Com efeito, há crimes com motivação conhecida e ocorrem nestas circunstâncias, cometidos por LGBT’s, como pode ser verificado nos dados e na tabela.

 Há 9 casos conhecidos onde os assassinos foram identificados e são garotos de programa. Diversos homossexuais são mortos em casa (38%), muitas vezes em função de um programa sexual. Há garotos de programa que cometem latrocínio ao encontrar um cliente com melhor condição financeira. Há casos onde ocorrem brigas em relação ao preço do programa, sobre quem será o passivo e o ativo, etc. Isto muitas vezes leva a brigas violentas que terminam em morte. Ativistas gays são rápidos em caracterizar isto como crime de “ódio pela orientação sexual da vítima” o que não é verdade. Diversos casos ocorrem nestas circunstâncias.

 Percebe-se assim que muitos LGBT’s são vítimas vulneráveis de latrocínio, por ser comum levarem clientes ou parceiros de sexo casual para suas casas (quase 40% das vítimas morreram em casa). É um estilo de vida perigoso. É provável que em função deste tipo de situação, além de certos garotos de programa, uns poucos assaltantes tenham percebido que é mais fácil assaltar gays, sendo facilmente levados para a casa da vítima, onde os assaltantes passam-se por garotos de programa ou por parceiros interessados em sexo casual. Ao entrarem na residência da vítima, procedem ao crime, matando a mesma para roubar seus pertences (latrocínio). Em qualquer destes casos, não há crime de ódio em função da orientação sexual da vítima, como querem sempre impor diversos ativistas gays.

 Por outro lado, do mesmo modo que clientes as vezes matam prostitutas pelos mais variados motivos, também ocorrem casos onde clientes (homo e bissexuais) matam travestis e garotos de programa, novamente, sem qualquer relação com a orientação sexual das vítimas.

 Há crimes violentos pelos mais variados motivos: “normalmente há um consumo excessivo de bebida alcoólica entre homossexuais e clientes, que aumenta o risco de desfecho violento”. (Fonte: O Popular/GO, 20-10-2004), assim como o consumo de drogas, encontradas muitas vezes próximas ao corpo da vítima.

Diversos destes crimes podem ser caracterizados como crimes com motivo torpe ou fútil – Código Penal (Art. 121 § 2º), e não têm relação com a orientação sexual da vítima:

“O Prof. Damásio de Jesus assim brilhantemente nos ensina:
“MOTIVO TORPE: É o moralmente reprovável, demonstrativo de depravação espiritual do sujeito. Torpe é o motivo abjeto, desprezível”. É, pois, o motivo repugnante, moral e socialmente repudiado. Exs. (Prof. Damásio de Jesus): homicídio de esposa por negar-se à reconciliação; para obter quantidade de maconha; matar a namorada por saber que não era mais virgem; luxúria, etc.
“MOTIVO FÚTIL: É o insignificante, apresentando desproporção entre o crime e sua causa moral”. É, pois, o motivo banal, ridículo por sua insignificância. Exs. (Damásio de Jesus): incidente de trânsito; rompimento de namoro; pequenas discussões entre familiares; fato de a vítima ter rido do homicida; discussão a respeito de bebida alcoólica, etc.” (fonte: aqui; tb aqui)

Ao ler as notícias apresentadas em anexo, pode-se perceber a natureza dos diversos crimes, circunstâncias, causas, etc.

Dos crimes com motivação conhecida, apenas 3 foram caracterizados, na tabela abaixo, como “crimes de ódio”, que supostamente teriam ocorrido em função da orientação sexual da vítima. Isto contraria as declarações do GGB, de que todos os casos ou a maioria seriam de crimes de “ódio”, conforme declarado em seu relatório, pois para eles, o crime é de ódio quando:

“em sua maior parte, vítimas de crimes homofóbicos [sic], onde o ódio da homossexualidade se manifesta através de requintes de crueldade como são praticados tais homicídios: dezenas de tiros ou facadas, uso de múltiplas armas, tortura prévia” “No Brasil registra-se, portanto, um crime de ódio anti-homossexual a cada 3 dias [sic]. Dois por semana [sic]. Oito por mês [sic]” (GGB, 2004-2005)

Contudo, diversos destes crimes com “requintes de crueldade” foram cometidos por LGBT’s, como se pode verificar da análise das notícias que o GGB utilizou em seu relatório, e das notícias dos outros anos. Alguns foram cometidos sob efeito de drogas lícitas e/ou ilícitas, o que também explica a crueldade em diversos casos, assim como nos crimes de vingança, ciúmes, etc.

Isto fica mais claro quando lemos uma declaração de Marcelo Cerqueira, do GGB, em função da análise dos dados sobre mortes envolvendo LGBT’s em 2004:

“o presidente do Grupo Gay da Bahia, Marcelo Cerqueira, afirmou que os crimes de ódio e assassinatos de homossexuais era, [sic] na sua maioria, realizado por garotos de programa. “Mesmo com algumas ONGs emitindo nota de repúdio sobre esta declaração, Adamor confirmou a questão, dizendo que, sim, estes atos geralmente envolviam garotos de programa” … Cerqueira, por sua vez, disse ao Mix Brasil que a afirmação sobre o caso dos garotos de programa baseia-se em uma pesquisa realizada pelo GGB no ano de 2004 … ‘O fato é que os homossexuais que moram sozinhos e por algum tipo de carência afetiva fazem uso dos serviços prestados pelos profissionais do sexo, são presas fáceis dos assassinos desta classe’. ” (http://www.tadashihp.com/2010/lider-gay-do-amazonas-e-assassinado/)

Muitos dos casos de latrocínio, cujos criminosos não são conhecidos, podem ter sido cometidos por garotos de programa, e também por parceiros de sexo casual, o que aumentaria a porcentagem de violência contra LGBT’s cometida por LGBT’s. Quando um garoto de programa é assassinado, o GGB contabiliza-o como LGBT em seus relatórios. Do mesmo modo, quando o garoto de programa é o assassino do cliente ou parceiro de sexo casual, também deve-se registrar que é um crime onde LGBT mata LGBT, sem qualquer relação com a orientação sexual da vítima.

Percebe-se na declaração de Marcelo Cerqueira, acima, que mesmo sendo emitida por alguém importante do Grupo Gay da Bahia (GGB), algumas ONG’s emitiram nota de repúdio a tal declaração. Isto mostra a cegueira em que vivem grande parte dos ativistas gays e simpatizantes, que repercutem os dados divulgados anualmente pelo GGB, sem ao menos exigir a apresentação das fontes dos respectivos dados, para fins de análise. Comportamento similar geralmente é verificado por parte de jornalistas, que não analisam as fontes dos dados, apenas repercutem os números divulgados pelo GGB e suas conclusões.

Para evitar este tipo de situação e a continuidade deste tipo de confusão, apresentamos este relatório, com os dados que o próprio GGB catalogou e utilizou em seu relatório de assassinatos de homossexuais no Brasil – 2004.

Abaixo apresentamos uma tabela com o resultado da análise das informações catalogadas pelo GGB, e após breves comentários, é possível visualizar os dados que originaram a tabela, onde o leitor pode verificar todos os casos relatados e comparar com a mesma, bem como, comparar com aquilo que o GGB divulgou na Mídia.

Informamos aos leitores que nossa tabela e dados divulgados não são livres de erros, podem ter ocorrido erros durante a catalogação, digitação, levantamento dos motivos dos crimes, etc. Essencialmente os resultados são como os apresentados abaixo, e qualquer problema, acreditamos, não afetará de maneira significativa as porcentagens apresentadas.

Tabela – Assassinatos de LGBT’s em 2004

(clique na tabela para ampliar)


Convenções da tabela:
- Desconhecido: pode ser queima de arquivo, latrocínio, crime de ódio, acerto de contas com o tráfico de drogas, travesti morto por cliente ou cliente que mata ‘profissional’ do sexo, cafetão, gay morto(a) por companheiro(a)/ex-companheiro(a), disputa por pontos de prostituição entre travestis e/ou garotos de programa, etc.
- Cliente/prostituição: quando foi apurado que um cliente (bi ou homossexual) matou o ‘profissional’ do sexo (travesti ou garoto de programa);
- Garoto de Programa: quando o garoto de programa/michê mata o cliente (bi ou homossexual); Isto está evidenciado na tabela em função dos diversos crimes onde garotos de programa são os criminosos. Alguns casos de latrocínio cometidos por garotos de programa também estão aqui contabilizados. Até mesmo brigas durante o programa  podem terminar em morte. Neste ano foram poucos os crimes conhecidos onde um travesti matou um cliente;
- Furto: quando o LGBT comete um furto, contra um cliente ou uma pessoa qualquer, e é assassinado em função do mesmo, como retaliação (seria um caso específico de vingança);
- Latrocínio: quando os criminosos matam uma pessoa a fim de roubá-la, sem relação com a orientação sexual da vítima, pois é um crime comum no Brasil, e assim, também ocorre com LGBT’s;
- Sexo casual: quando a vítima possui parceiros casuais, e num dos encontros, geralmente em sua casa, ocorre desentendimento, briga, ou por algum outro motivo, o encontro termina em assassinato;
- Ódio: específico para crimes onde a orientação sexual da vítima é o motivo; Ódio por orientação sexual;
- Tentativa de estupro: quando alguém tenta forçadamente manter relações sexuais com outra pessoa, isto pode ocasionar uma briga e terminar em morte; (há um caso em Março onde ocorreu vingança por sofrer abuso sexual de companheiro de cela);
- Familiar/parente: briga de família pelos mais variados motivos; briga por dinheiro, bens materiais, imóveis, etc;
- Companheiro(a): pessoa com quem mantém relacionamento, inclui também ex-companheiro(a), crime em função de relacionamento; passional;

——————————————————————————————————————–

Obervações sobre os dados de 2004 (ver anexo abaixo):

Em Janeiro, há um crime sem registro, nº 17, isto é, está vazio, e não foi contabilizado a mais;

Em Fevereiro por tanto, a contagem inicia no nº 18. Há um crime que parece estar repetido, nº 27 e nº 28. Não se sabe se representam a mesma pessoa ou se um é realmente desconhecido e outro está identificado, pois nas descrições não é indicado que no local morreram duas pessoas.

Em Março, há um o caso registrado como “dívida”; o cliente (bissexual?) foi morto por um travesti, pois não pagou R$ 300,00 pelo programa;

Em Julho há 15 registros, mas são 14 casos, pois 1 é duplicado (nº 100 e 101). O GGB no final contou 14 casos.

Em Agosto o GGB marcou 6 assassinatos, mas o arquivo apresenta 7 casos.

Em Novembro há um registro duplicado, o nº 143 repete o nº 141, a descrição é exatamente a mesma, mas os Estados registrados são diferentes, MA e SC.

Para o crime de nº 158, não há indícios na notícia que indiquem necessariamente ser a vítima LGBT.

Dados de 2004

Fonte: GGB

(obs.: editamos nomes de supostos agressores, usando somente as iniciais, a fim de evitar qualquer problema)
http://www.ggb.org.br/downloads/word003.doc

ou:

http://www.ggb.org.br/Assassinatos_2004.html

Assassinatos de Homossexuais do Brasil – 2004

Janeiro: 16

  1. (PB) – 1/1/2004 – FRABRICIO SILVA, 19, “Baba”, travesti, profissional do sexo, foi assassinado a facadas em Campo grande, assassino desconhecido. (Fonte: A. – [...].6928, 1-1-2004)

  2. (PB) – 3/1/2004 – ADRIANO ALVES, 27, estudante, foi morto com 28 facadas, e ainda teve a orelha decepada, seu corpo foi encontrado enrolado em um colchão no quarto do assassino, por volta das 21:00h, havia muito sangue nas paredes mostrando que a vítima lutou muito antes de morrer, a vítima estava praticamente irreconhecível segundo relato da policia; familiares contaram que a vitima saiu cedo com o irmão F. P., para a casa do assassino, seu cunhado informou que recebeu um telefonema do assassino contando que tinha matado Adriano e este imediatamente chamou a policia, vizinho relatam que o estudante ra [sic] calmo e que apenas bebia muito, Flaviano disse que dormiu e quando aguardou perguntou pelo irmão e o assassino disse que este já tinha ido para casa, assassino J. F. Q. F., pastor da Igreja Universal, 34, esta foragido. (Fonte: O Norte, 3/1/2004)

  3. (PI) – 2/1/2004 – ADILSON DA CRUZ DAS CHAGAS, 27, estudante, desempregado, foi morto com uma facada na garganta, assassino M. R., 18, estudante, o crime aconteceu no bairro Macaúba, zona Sul de Terezinha, testemunhas contaram que o crime aconteceu após discussão entre a vítima e o acusado. (Fonte: Babilônia, [...]@bol.com.br, 6/7/2004)

  4. (MG) – 3/1/2004 – ANGILBERTO SABATINO DA SILVA, 22; morto no sábado dentro da zona rural, foi encontrado 10ª CIPM, com diversas facadas e apresentavam outros sinais de violência corporal, teve o seu órgão sexual decepado e colocado em sua boca, um crime bárbaro que chocou a população da cidade Triangulo Mineiro em Canápolis/MG, assassino desconhecido. (Fonte: O Tempo/MG, 5-1-2004)

  5. (BA) – 3/1/2004 – RAIMUNDO MARTINS PINHEIRO, 53, homossexual, economista, atualmente tesoureiro do Partido dos Trabalhadores, foi encontrado morto no dia 2/1, por volta das 16:00h, com o corpo parcialmente enterrado e com pedras em volta próximo do carro incendiado, ao lado tinha uma pasta com partitura e um facão que provavelmente foi usado para mata-lo, foi feito saques em sua conta do Bradesco e Unibanco, o crime aconteceu no desvio da Via Parafuso, local de difícil acesso que dá acesso à cidade de Camaçari/BA, nas proximidades da Fábrica Alcan, foi ex-assessor e ex-secretário, assassinos V. M. L., 19, e R. J., 18, que balou na altura do pescoço, D. S. S., 22, deu o segundo tiro na cabeça, P. O., 21, A. L. C., 24, escondeu a arma, ªL.S.F., 15 bateu com o facão na vitima e R.C.S. 17 quebrou as costelas, o delegado Nárriman Figueirôa recebeu um telefonam dizendo que estes assassinos estavam com atitudes suspeitas e teriam dito em voz alta” a morte do otário valeu a pena”, retiraram um total de R$1.300,00. (Fonte: A Tarde/BA, 3-1-2004)

  6. (PE) – 3/1/2004 – ROSILENE GOMES PINTO, 35, lésbica, foi assassinada com uma facada, a causa da morte segundo os policiais foi por ciúmes, a assassina foi R. M.  A., 31, “Vânia”, desempregada. (Fonte: Babilônia, [...]@bol.com.br, 6/7/2004)

  7. (BA) – 4/1/2004 – DESCONHECIDO, 25, cor parda, foi encontrado morto no dia 3/1, na madrugada, apresentava perfurações de bala na cabeça, no tórax e no pescoço, local do crime Viaduto de Valeria, o corpo estava nu e descalço, a policia supõe que tenha sido executado em outro local e deixado ali, o que leva a idéia de ter sido morto por grupo de extermínio, o responsável, da 8ª Delegacia Jaime Davi Moraes Libório expediu a remoção do corpo para o IML, e informou que o corpo estava de costa, assassino desconhecido. (Fonte: Correio da Bahia/BA, 4-1-2004)

  8. (PE) 5/1/2004 – SULAMITA GALDINO DE ANDRADE, 22, lésbica, foi morta com tiro a queima roupa na nuca, por volta das 9:00h, no sábado, em sua casa, o crime aconteceu na rua Secundino Carneiro, 312, Cordeiro, onde a vítima morava, nenhum vizinho quis prestar declarações com medo de represália, a única informação é que um homem branco, 22, arrombou a porta e efetuou os disparos relatou o delegado Ricardo Batista, ao que tudo indica a família sabe quem cometeu o assassinato, o crime tem uma conotação de vingança e passional segundo o delegado Josedite Ferreira, existem dois suspeitos o ex-companheiro da companheira da vítima e a sua ex-companheira. (Fonte: Folha de Pernambuco/PE, 5-1-2004)

  9. (PE) – 6/1/2004 – DESCONHECIDO, 20, cor branca, foi encontrado morto a pedradas na cabeça, e teve parte do crânio foi [sic] esmagado, dia 5/1, pela manha, na 1º travessa rua Gusmão, bairro São José, local onde havia muitos restos de ponta de cigarro de maconha e vestígio de uso de crack, a vitima vestia cueca azul, calça e camisa branca e estava com a roupa abaixo do joelho, moradores informaram que a vitima foi vista entrando no terreno a noite com um rapaz e de um homossexual, o corpo foi localizado por um morador que foi passear com um cachorro e encontrou o corpo, assassinos desconhecido, o Delegado Evaldo Luna, da delegacia de Santo Amaro, informa que irá apurar o crime. (Fonte: Folha de Pernambuco/PE, 6-1-2004)

  10. (RN) – 14/1/2004 – ORIVAN FREIRE DA SILVA, 31, cozinheiro e pai de santo, homossexual, foi enforcado com um cordão do calção, o crime aconteceu no dia 11/1, domingo, as 5:00h houve segundo a policia um requinte de crueldade que chocou a cidade, o seu corpo estava trancado em um banheiro da sua casa, na rua Expedicionário Manoel Pinheiro, 42, Nova Bethânia, o crime foi descoberto quando os policiais Renikson, Eufranasio e Djailson faziam ronda no local “Nós íamos passando, quando percebemos que o assassino e um adolescente transportavam televisor, vídeo som entre outros objetos e quando nos viram começaram a correr”, a policia informa que os assassinos estavam com a vitima até a madrugada enquanto bebiam, trocavam insultos houve uma discussão e a vitima foi morta por estrangulamento, e que todo foi por ciúmes pois a vitima teria trocado R. por R.os assassinos R. C., 19, artesão, e o adolescente O.R.S., 17, estão presos um foi levado para a 1ª Delegacia e o outro foi para Delegacia Especializada do Adolescente, o caso será investigado pelo Bacharel Luiz Fernando Sávio de Eliezer Pinto. (Fonte: Gazeta do Oeste e O Mossorense,14-1-2004)

  11. (RJ) – 15/1/2004 – ANGELO SERGIO DE OLIVEIRA, 20, foi esquartejado em seu apartamento, o jovem era viciado em drogas e teria conhecido o assassino próximo do teatro Higino, Centro, suas juntas das mãos, pés, braços, pernas foram serradas, havia sangue em todo o apartamento e os órgãos como rins, coração e víceras haviam desaparecido, pedaços de corpos espalhados pela cozinha, sendo encontrado no dia 14/1, no banheiro do apartamento despedaçado, o Delgado disse que “a primeira impressão é que ele tentava se desfazer do corpo, e achou mais fácil corta-lo”, foram apreendidos pedaços de peles tesouras, facas, luva, corda e colher, G. irmão do acusado disse que chamou a policia após receber um telefonema do assassino seu irmão que confessou o assassinato, o Assassino G. C. R., 42, professor, segundo testemunhas é muito educado e religioso, muito respeitado em Teresópolis, o Delegado Roberto Cardoso da 110ª DP informou que o advogado do assassino disse que este vem sofrendo com problemas mentais, e que por isso esta afastado do trabalho. (Fonte: O Dia/RJ,15-1-2004)

  12. (MG) – 20/1/2004 – GERALDO VÍTOR DE OLIVEIRA, 60, professor de inglês, homossexual, foi encontrado morto pelo sobrinho, R. V. O. S., 23, em varginha/MG, o corpo foi encontrado no final de tarde do domingo, no chão do banheiro da casa em que vivia, estava amordaçada, com o rosto desfigurado pelo fogo, a mão amarrada para trás, uma corda de varal ao redor do pescoço e varias perfurações feitas à faca no peito, o principal suspeito do crime, segundo a policia é o ex-presidiário paulista W. C., 23, o delegado de plantão Élber Barra Cordeiro, comentou: “Ele teria ouvido o professor dizer várias vezes que estaria ajuntando dinheiro para viajar para Grécia. Na certa, pensou que ele estaria guardando o dinheiro em casa”. (Fonte: Hoje em Dias/MG, 20/1/2004)
  13. (PA) – 20/1/2004 – DESCONHECIDA, travesti, foi encontrada na manhã de 2ª feira às 6h, na estrada com o peito para cima, dentro de uma vala no Centro 2 de Julho, no Bairro de Águas Brancas, em Ananindeua/PA, sem marca de tiros ou golpes de faca, há suspeita que o travesti tenha sido estrangulado, mas somente após a autópsia que poderá determina a causa da morte, o saldado Moraes da PM comentou:”Acredita por ser um local ermo e muito escuro à noite, o local foi escolhido para a desova de corpo. Por isso ninguém conseguiu ver nada”, o delegado Calazans aguardará pelo Laudo para prosseguir com inquérito que ira apurar a morte. (Fonte: O Libera/PA, 20/1/2004).
  14. (PR) – 27/1/2004 – TEÓFILO BACHA FILHO, 58, professor e membro do Conselho Estadual de Educação do Paraná; foi encontrado morto nu estrangulado e asfixiado, em seu apartamento na cama do quarto ED. Regency na Almeida Presidente Taunay, em Begarrilho/PR; pela sua empregada no horário da 8:30h, o crime aconteceu na 2ª feira, usaram uma banqueta um vaso para golpear a vitima na cabeça e ainda a estrangularam com um cabo de antena de tv e uma cinta, o crime foi seguido de latrocínio, “os autores do crime roubaram o carro, carteira, talões de cheques, cartões de créditos, telefone celular e uma moto Honda Civic que fugiram, era comum o professor levar rapazes para seu apartamento”, segundo o delegado de investigação de Homicídios; assassinos dois rapazes sendo que um é adolescente, 17, as famílias de ambos foram interrogados na delegacia e confirmaram que os rapazes conheciam o professor, eram garotos de programa e costumavam freqüentar o apartamento do pedagogo, “aproximadamente a duas semanas os suspeito teriam comentado com os parentes, que planejavam roubar o carro da vítima”, afirmou Stélio Machado. (Fonte: Tribuna do Paraná e Gazeta do Povo/PR, 27/1/2004).
  15. (SP) – 28/1/2004 – ELIAS JURANDI DINIZ, 40, cabeleireiro, homossexual, foi morto com vários golpes de faca cabo de madeira e 19cm de lamina, que atingiu nas costas, na boca, e no pescoço que quase foi separado do corpo, o crime ocorreu por volta 7h da segunda – feira, em sua casa, Centro de Pirajuí, 50 km a noroeste de Bauru/SP; foi encontrado pelo sobrinho A. T. D., 21, o tio estava morto caído no chão, ao lado da cama, o principal suspeito pelo homicídio, um outro sobrinho do cabeleireiro identificado pela policia apenas pelos inicias I.D, que morava com a vitima desde pequeno, foi relatado que os sobrinhos brigavam muito com o tio, o assassino está foragido. (Fonte: Jornal da Cidade/SP, 28/1/2004)
  16. (PB) – ?/1/2004 – MANOEL DESMOSTENES, 24, homossexual, estudante de jornalismo, foi assassinado a facadas em Campo grande, assassino desconhecido. (Fonte: GOE/Ganrobeht/9979-[xxxx], ?-1-2004)

  17. .

FEVEREIRO: 11

  1. (SP) – 01/2/2004 – DESCONHECIDA, travesti, foi encontrada morta no fosso do elevador, do prédio da Rua Augusto Severo, no Centro de São Paulo, o Corpo de Bombeiro foi chamado por um cliente de um restaurante vizinho do edifício, por causa do mau cheiro, segundo peritos a travesti teria morrido mais de um mês, o inquérito instaurado no 1º DP, deve apurar se ele caiu ou foi jogado. (Fonte: Jornal Diário da Manhã/SP, 1-2-2004)
  2. (JP) – 1/2/2004 – GILVANDO VALDEVINO DA SILVA, 25, “Grampola”, travesti, foi assassinada com tiro, no centro da cidade em Sapé/JP, assassino desconhecido. (Fonte: Delegacia Distrital/JP, 1/-2-2004)

  3. (PB) – 3/2/2004 – FERNANDO DA SILVA ALVES, 34, representante comercial, homossexual, foi morto com 37 golpes de faca, sendo 10 facadas no coração, mais 10 na região torácica, 7 nas costas e 10 no pescoço, sendo a arma do crime abandonada no local no dia 1/2, domingo, em uma pedreira, residia no bairro do cristo, foi vitima de um latrocínio, que segundo o Delegado Carlo Alburqueque teria sido roubado o aparelho de celular da vitima, foram identificados os assassinos F. C. A., “Binho”, J. N. S., 20 e J.  A., que estão foragidos, testemunhas falaram que a vitima gritou muito pedindo socorro, mas como era de madrugada as pessoas tiveram medo de ir socorrera arma do crime foi deixada no local. (Fonte: O Norte/PB, 3-2-2004)
  4. (CE) – 3/2/2004 – VICENTE RABELO NETO, 57, homossexual, artista plástico, foi morto em sua residência, onde morava sozinho e costumava segundo testemunhas levar rapazes para sua casa, o corpo foi encontrado próximo do quarto, estava vestido apenas de cueca e segundo o perito Aldair, apresentava afundamento no rosto, que foi provocado por instrumento contundente barra de ferro ou pau, a casa esta localizada na rua Joaquim Nabuco, Dionísio Torres, o local também funcionava o atelier da vitima, a principio a policia trabalhava com a idéia de latrocínio, pois o carro da vitima foi roubado pelos assassinos, o corpo já em estado avançado de decomposição o que identificou que o crime aconteceu no dia 1/3, o delegado Jurandir Braga Nunes da 4ª DP, esta investigando o caso. (Fonte: O Norte/PB, 3-2-2004)
  5. (AM) – 3/2/2004 – GILSON ZAUFARIA, 53, cabeleireiro, foi encontrado morto com facadas na garganta e a cabeça cortada por golpes produzidos por uma barra de ferro, que foi encontrada ao lado do corpo. (Fonte: Jornal Estado do Amazonas, Diário do Amazonas do dia 3-2-2004) [é homossexual?].
  6. (SP) – 10/2/2004 – NELSON DE SOUZA FILHO, 56, “Nelsinho”, aposentado, homossexual, morto por asfixia mecânica mediante esganadura, no domingo por volta de 1h30m, encontrado vestido apenas de sunga, os criminosos amordaçaram e amarraram seus pés com uma camisa, em seu apartamento 1.007 do Ed. Ramiti, na Rua João Ramalho, 191, no Gonzaguinha em São Vicente/SP; assassinos dois jovens apenas um branco e outro pardo, descrito pelo porteiro do prédio, o crime seguido de latrocínio. (Fonte: A Tribuna/SP, 10-2-2004).
  7. (PR) – 10/2/2004 – CLÁUDIO ANTÔNIO SONCIN, 38, analista de sistema da empresa Cohapor, morto com 30 facadas, foi encontrado dia 9/2, segunda-feira,à tarde por policiais da delegacia de Homicídios dentro do sobrado onde ele residia, no Jardim das Américas em Curitiba-PR, foi atacado dentro do quarto de casal, mas havia muito sangue espalhado por toda a residência, de acordo com aparência, a vitima lutou com ele antes de morrer; ”Logo na garagem do sobrado já vimos gotas de sangue pelo chão. Ao entrar, mais sangue pela sala e nas escadarias. Logo encontramos o corpo, caído de bruços na entrada do quarto”. Contou o investigador Jairo, uma vizinha informou que Soncin costumava levar para casa rapazes mais jovens, havia um rapaz em especial, que era visto mais freqüentemente em companhia da vitima; assassino desconhecido. “O autor estava, com certeza bastante ferido, porque nem mesmo se lavando o sangue parou de pingar”, observo o delegado, a hipótese de latrocínio foi descartada, a principio, porque aparentemente nada foi levado da residência, o carro abandonado, com relógio de valor, corroboram a tese de crime passional. “Um garoto de programa ou bandido daria apenas as facadas necessárias para matar e fugiria rápido. O que temos aqui é uma morte violenta” disse o delegado, os policiais apreenderam objetos pessoais como pistas importantes para chegar ao assassino, álbuns de fotos de homens nus, de festas e encontros com amigos, diários relatando encontros amorosos com auxiliar nas investigações, assassino W. C. O., 21,  disse que “o motivo de ter matado é que Cláudio queria obriga-lo a manter relações sexuais”, o delgado solicitou prisão preventiva do rapaz, que ainda informou que o “W. conheceu a vitima em uma boate no centro da cidade, informou ainda que marcaram encontro, a vitima lhe pagou caipirinha e cheiraram cocaína”, sempre vaziam [sic] isso, no dia do crime por volta das 1:30h “Cláudio queria ter relações só que queria ser o ativo, eu não concordei, mas ele insistiu e me agarrou”, afirmou que lutaram “Cláudio era mais forte então peguei uma faca”, disse que queria se livrar dele, daí lhe esfaqueou até ele cair, “me lavei, peguei alguns objetos e dinheiro e abandonei o carro”. (Fonte: Tribuna do Paraná/PR, 10, 11 e 12-2-2004)
  8. (MG) – 15/2/2004 – SEBASTIÃO DIONÍSIO MARILIS, 39, homossexual, assassinado por asfixia e golpes de uma barra de ferro, por seu namorado em sua casa e só foi encontrado 2 dias depois por sua faxineira. (Fonte: On-line [...]@ig.com.br, Arquivo do GGB, 15-2-2004).
  9. (SP) – 19/2/2004 – ACIL MASCARENHAS, 32, médico, um tiro que partiu do lado direito do carro e atravesso seu braço direito, entrou pela axila e perfurou o coração, dia 17/2, terça-feira, 22h35, foi encontrado em seu carro, Pólo a pouco mais 500m da estação do metrô, no cruzamento das Platina com Mont Serrat, no Tatuapé/SP, onde buscaria a sua mãe, nada foi roubado, sua mochila, com documentos e celular, estavam no banco do passageiro, assassino desconhecidos, as digitais colhidas estão sendo comparadas com que o Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa) mantém em banco de dados do setor especializado no combate do crime de intolerância, devido ás características do local onde o crime ocorreu, conhecido como um ponto de prostituição masculina; “perdemos um grande médico e um grande companheiro que não média esforço para ajudar o próximo”, disse a medica C. A. T., 32, que trabalhava com o médico. (Fonte: Folha On-Line/SP, 19-2-2004).
  10. (SP) – 19/02/2004 –DESCONHECIDA, travesti, profissional do sexo, foi baleada, morreu no local, ontem de madrugada, na Rua Moises Kauffmann, Barra Funda, Zona Oeste da Capital, assassino um motoqueiro. (Fonte: Diário de São Paulo/SP, 19-2-2004).
  11. (SP) – 19/02/2004 – EMANUEL FRETAS DE SOUZA, 26, travesti, profissional do sexo, foi baleada, ontem de madrugada na Rua Moises Kauffmann, Barra Funda, Zona Oeste da Capital, chegou a ser socorrido na Santa Casa, mas morreu, segundo a policia o crime foi cometido por um motoqueiro.(Fonte: Diário de São Paulo/SP, 19-2-2004).

MARÇO: 20

  1. (MT) – 02/03/2004 – LUIZ FRANÇA DE MOURA NETO, 45, homossexual, gerente gráfico, foi assassinado por espancamento, deram um golpe ‘mata leão’ e em seguida bateram em seu rosto com chutes, o crime aconteceu no Motel Status, e em seguida seu corpo foi deixado em um matagal e ateado fogo, segundo informações da policia no dia seguinte a sua morte dois amigos da vitima foram denunciar seu desaparecimento na Divisão de Anti-Sequestro, imediatamente após a denuncia um corpo foi localizado na rodovia dos imigrantes, assassinos C. S. C., 19 e A. P. C., 22, garotos de programa, este confessaram que queriam matar a vitima para roubar o carro de marca Vectra. (Fonte: Folha do Estado/MT, 27-7-2004).
  2. (CE) – 04/03/2004 – DAVID JOSÉ PEREIRA BATISTA, 44, radialista e funcionário público, homossexual, assassinado na madrugada do dia 3/3, quarta, com um tiro na cabeça, na localidade de Boa Fé perto de sua casa no final da Rua do Proúbe, Município de Redenção em Ceará, afirmou o seu irmão João Batista. “O David era homossexual e costumava receber rapazes em sua casa. Ele morava sozinho. Assim que o crime aconteceu surgiu a informação de que tinha sido dois adolescentes que viviam na casa dele.” Segundo o delegado Hélder Maia Gurgel; “O David era muito querido, muito benquisto pela população do Município de Redenção. Ele era agente administrativo da Secretaria de saúde local e também tinha um programa musical na rádio Rosal da Liberdade. O nome desse programa era “Tarde Jovens” e ara destinado para público formado por adolescente,” Explicou o delegado. Assassinos dois adolescentes, F.F.P.R, 15, foi localizado e ouvido pela promotora da Justiça Magna Regina Araújo, na companhia de sua mãe, M. J. F. L.; “o meu filho não vez [sic] isso”, afirmou a mãe, o menor afirmou não ter participado do crime aponta o outro adolescente como autor, identificado apenas como E, 16, estava sendo procurado até a noite de ontem. “O caso requer atenção por que a vitima era uma pessoa muita querida e conhecida na cidade, gerando um forte clamor do publico pela elucidação rápida do crime. Mas em contrapartida temos que zelar pela integridade física dos dois adolescentes que foram apontados como envolvidos no crime. O Ministério Público está cuidando de tomar o depoimento dos dois adolescentes. Um deles já foi localizado, o outro a família de apresentar, mas há policiais diligenciando na tentativa de localiza-lo mais breve possível” comentou a juíza de Direito Janaina Marques da Comarca de Redenção, o crime seguido de latrocínio. (Fonte: O Diário e Diário do Nordeste/CE, 4-3-2004)
  3. (SP) – 06/03/2004 – MARCELO SIFRONE FERREIRA, travesti, “Marcela”, 23, cabeleireira, foi morto com dois tiros às 2h do dia 5/3, quinta, na esquina da Avenida José Maria de Faria com a Rua Gino Cesaro, na Lapa, zona Oeste da capital em São Paulo, assassinos duas pessoas que estava num Ford Escort ou Kadett que seria de cor bordô, além dos agentes do DHPP (Divisão de Homicídio e Proteção a Pessoa), os Policiais da 7º DP, onde o caso foi registrado também investigaram o caso. (Fonte: Jornal da Tarde/SP, 6-3-2004)
  4. (PA) – 09/03/2004 – CLEYTON PATRICK DE OLIVEIRA NOBRE, “Xaquira”, travesti, 20, morreu com uma facada no coração, dia 8/3, domingo, por volta das 4h30, no Bairro do Guamá conseguiu subir os degraus de uma escada de madeira que dá acesso a seu quarto, mas morreu na porta, o crime que tem característica de vingança e está sendo investigado pela delegada Yone Coelho que declarou já possui dois suspeitos, mas ainda não pode revelar suas identidades para não prejudicar as investigações. (Fonte: O Liberal/PA, 9-3-2004).
  5. (AM) – 09/03/2004 – CARLOS ACOSTA NAVARRO, 34, comerciário, homossexual, conhecido como Peruano, foi morto em seu apartamento com várias facadas no peito, abdômen e braços, assassino desconhecido.(Fonte: On-line Arquivo do GGB, 9-3-2004)
  6. (PI) – 9/3/2004 – ANTONIO WILSON LIMA, 31, policial militar, lotado no quartel do comando geral, foi encontrado morto em um matagal, na Vila Bandeirantes, zona leste, estava em avançado estado de decomposição, assassino desconhecido. (Fonte: Babilônia/PI, [...]@bol.com.br, 6/7/2004)
  7. (AM) – 10/3/2004 – CARLOS ACOSTA NAVARRO, 34, “Peruano”, comerciante, foi encontrado morto em seu apartamento com facadas no peito, abdômen, braços, o crime aconteceu na madrugada de 9/3, e a policia não descarta a possibilidade de latrocínio, assassino desconhecido. (Fontes: Amazonas em Tempo, Diário do Amazonas/AM, 10-3-2004)

  8. (MG) – 11/03/2004 – ELIOMAR PORFIRO DE GODÓI, 37, “Leia”, travesti, cabeleireiro, executada com 11 golpes aplicados com uma garrafa quebrada, foi localizada por volta das 6h, na estrada de acesso para a estação ferroviária Mario de Carvalho, após a perícia, o corpo não havia sido identificado, foi levado para Instituto Medico Legal (IML) de Ipatinga, necropsia apontou 9 cortes profundos e outros cortes superartificiais foram constatados, mostrando que a vitima brigou com assassino para não morrer, assassino ex-namorado H. A. F., 24, sofreu um acidente com o carro da vitima na BR 381, em Bela Vista de MG e ficou gravemente ferido, por 5h30, esta internado no Hospital de Ponto-Socorro João XXIII; amigos da vitima afirmam que o assassino teve um relacionamento com a vitima há alguns tempo, um tio da travesti pediu que fosse feita justiça e que torce para que o rapaz acidentado não morra. Não quero fazer nada contra ele, apenas sobre porque fez isso com seu sobrinho; amigos da vitima comentaram que o travesti era muito conhecido; “Conhecíamos H., mas não esperávamos que pudesse fazer isso, faz muito tempo que ele estava morando em Belo Horizonte, com um outro travesti. Queremos saber os motivos disso”, disse um travesti à reportagem. (Fonte: Jornal Vale do Aço/MG, 11-3-2004).
  9. (PR) – 12/3/2004 – BENEDITO PRESTES DA LIMA, “Bene Lima”, 32, cabeleireiro, homossexual, morto a facadas no peito e na barriga, o corpo foi encontrado no banheiro, na casa que fica na rua Benjamin Juglair, Vila Osternack, Alto Boqueirão, por volta das 22:30, na quarta, dia 10/3, o carro e os pertences da vitima foram roubados, a família disse “ele costumava trazer amigos para casa, mas um desconhecido pode entrado, passando por cliente”, os gritos de desespero da vitima ecoaram disse D. o cunhado da vitima, o PM Baumann, acredita que o cabeleireiro foi morto no sofá, depois o corpo foi arrastado até p banheiro, não havia indícios de relação sexual com a vitima, assassino desconhecido.(Fonte: Tribuna do Paraná/PR, 12-3-2004)
  10. (PE) – 13/03/2004 – PAULO ALBUQUERQUE PAES BARRETO FILHO, 31, “Nino”, presidiário, homossexual, foi assassinado na cela 11 do Pavilhão, “J”, morto com pauladas na cabeça e facadas no peito, quando dormia, pelo companheiro de cela, M. M.  S., 21, presidiário, alegou que matou “Nino”, porque o mesmo abusava sexualmente dele. (Fonte: Folha de Pernambuco/PE, 13-3-2004)
  11. (RN) – 15/03/2004 – ANTÔNIO WAGNER NERY,59, homossexual, professor aposentado do curso de Letra da Universidade federal do Rio Grande do Norte, foi encontrado morto dentro de sua casa, onde morava sozinho na Cidade Jardim na Zona Sul de Natal, na manhã desta 2ª feira, 15/3, com perfurações no pescoço e na região do abdome, foi encontrado pela empregada M. V. M. S., 50, “ela disse que todos os dias vinha fazer a faxina na casa, tinha a chave do portão da casa, mas não a da porta de entrada. Todos os dias, segundo ela, era o professor quem abria aporta. Hoje, como ele demorou a atender o chamado, a empregada teve a curiosidade de ver pela janela e acabou encontrado o cadáver, logo em seguida, ela chamou a policia.” Disse um policial que prefere não ser identificado, os primeiros levantamentos indicaram que o crime teria ocorrido por volta das 21h do domingo, testemunha disseram que a casa do professor era bastante freqüentado por isso para os policias pode surgir dificuldade durante as investigações; “há uma grande probabilidade de a pessoa que matou o professor ser conhecido dele. Isso porque teve acesso a casa sem precisar arrombar nenhuma porta e o alarme estava desligado” alertou um dos policias que estiveram na casa, “Desde que chegou do Piauí ele morou sempre nesta casa. Não tínhamos uma amizade, mas ele era respeitado e nunca soube de nenhuma bagunça na casa” disse uma vizinha, segundo o delegado Della Valle nenhum objeto foi roubado, “há sinais que alguém mexeu no aparelho de som e outros pertences, mas nada foi levado” disse o delegado, havia um cheque assinado no valor de R$ 5 mil, alem disso constatamos a falta de 4 folhas, Flávio Della Valle, títulos do 10º Distrito Policial, que investiga o crime, comentou que alguns indícios apontam para premeditação é o fato de os peritos do Instituto Técnico – Cientifico de Policias (ITCP) terem encentrado [sic] uma luva térmica (utilizada para retira [sic] vasilhames do forno), essa luva pode ter sido usado pelo assassino em uma tentativa de não deixar impressão digitais na faca, após 5 meses do crime o assassino foi encontrado um adolescente de 16 anos, informou que o professor tentou abraçar lê [sic] por trás daí ele o matou, pois fico constrangido e indignado, disse também que estava sozinho com o professor. (Fonte: O Jornal de Hoje/RN, 15-3-2004 e Tribuna de Natal, 12-8-2004)
  12. (AM) – 18/3/2004 – JOSÉ AUGUSTO AMARAL PINHEIRO, 47, empresário, homossexual, foi encontrado morto, estrangulado dentro de sua residência, sendo, que os assassinos ainda roubaram seus pertences, no dia 17/3, quarta-feira, assassinos desconhecido. (Fontes: Amazonas Em Tempo, Diário do Amazonas, A Crítica, Estado do Amazonas/AM, 18-3-2004).

  13. (MG) – 19/3/2004 – ALIPIO DOS SANTOS NEVES, 50, vendedor, enforcado com o cinto de segurança do seu carro, na rua Rio grande do Sul, Santo Agostinho, Centro-Sul, na madrugada da terça-feira, 16/3, o assassino foi detido pela 4ª DP, T. S. B., 19, “Bruna”, disse que o vendedor foi morto porque teria se recusado a pagar R$ 300,00 referente a um programa, que foi combinado na avenida Afonso Pena, e foram a um motel na avenida Raja Gabaglia, na volta pediu para que a travesti descesse se recusando a pagar, “Bianca” que estava no banco da frente desatou o cinto e começou a enforca-lo, a vitima tinha dois filhos e era casado. (Fonte: Estado de Minas/MG, 19-3-2004)
  14. (RS) – 22/03/2004 – JORGE LUIZ OCCHIPINT, pedagogo, homossexual, foi encontrado morto em seu apartamento em que morava sozinho, no dia 20/3, sábado, na manha, localizado no Bairro Bonfim, na Rua Garibaldi em Porto Alegre/RS; estava ao lado da cama, com um ferimento no pescoço e enrolado em uma tolha, na sala, o telefone estava fora do gancho, havia um copo de vidro quebrado no chão e um tapete com manchas de sangue, os sinais indicavam que a vitima deve ter sido morto ali e arrastado até o quarto, gavetas e armários estavam revirados, não foi levado qualquer abjeto [sic] da vitima e não havia marcas de arrombamento. A morte do professor foi percebida por um vizinho que encontrou a porta do apartamento entreaberta; assassino desconhecido, a policia trabalha com hipótese de que o criminoso seja alguém conhecida [sic] (Fonte: Diário Gaúcho/RS, 22-3-2004).
  15. (RJ) – 23/03/2004 – JORGE LUIZ RODRIGUES BRAGAS, 50, homossexual, contador, foi encontrado morto, às 21h15 no domingo, 21/3, em sua casa, na Rua Barata Ribeiro nº 90 apartamento 1.102, em Copacabana, Zona Sul, estava nu e tinhas mãos e pés amarrados, a causa da morte pancada na cabeça, na beira da cama de madeira, foram levado celular, carteira e um chaveiro de ouro, o corpo foi encontrado pelo namorado J. J. C. T., 21, segundo informações dos policias da 12ª DP, Jorge foi visto saindo de um quiosque em frente ao Copacabana Palace, com dois rapazes desconhecidos que foram apresentados a duas amigas. “Ele era como um pai para J.; Pagava tudo para ele, mas de vez em quando eles brigavam, meu tio sabia, que ele tinha namorada e isto nunca foi problema ele comprou este apartamento há um ano e ainda estava pagando”, contou R. I. B. A., 36, um dos sobrinhos. “O que mais intriga é a brutalidade. Ele foi morto com pancada na cabeça, com sacos ou com algum objeto pesado”, disse a delegada titular da 12ª DP Monique Vidal acrescentando que ainda não é possível afirma que o contador foi vitima de “boa noite Cinderela”. J. disse que se relacionava com Jorge há 3 anos e que entre os dois havia apenas carinho, nada de sexo, que tinha visto o contador pela ultima vez na manhã de sábado, quando saiu para encontra a namorada voltando apenas no domingo. (Fonte: Arquivo do GGB, O Popular, O Dia, IG, O Globo/RJ, 24-3-2004)
  16. (GO) – 23/03/2004 – HUMBERTO LINO DE OLIVEIRA, 43, homossexual, bancário, funcionário da Caixa Econômica Federal, foi encontrado morto dia 22/3, terça, por volta das 11h 30, em estado de decomposição, depois de quase dois dias, jogado com mãos e pés amarrados, na ponte da GO-O2O sobre o Rio Meia Ponte na saída para Bela Vista/GO, segundo irmão da vitima, W. R. O., 50, disse que tinha sinais de espancamento pelo corpo, com vários ossos quebrados, ele acredita que o bancário tinha sido jogado morto ou praticamente sem vida de cima da ponte, em função das lesões, que o corpo apresentava. Assassinos: A. A. F., 26, C. L. N., 22, A. M. O., 18, e C. C. N., 42, foram indicados por latrocínio, formação de quadrilha e ocultação de cadáver, presos na sexta-feira, o delegado acentua que a prisão dos acusado logo após o crime foi importante para evitar que outras pessoas se tornassem vitimas do bando. Em seu depoimento, A. F. confessou que a quadrilha pretendia seqüestrar outros homossexuais, companheiros dele e mata-los após rouba.(Fonte: O Popular/GO, O Dia/RJ Jornal Diário da Manhã/, 24-3-2004).
  17. (PE) – 25/3/2004 – JOSÉ CARLOS DE OLIVEIRA, 36, “Xuxa”, homossexual, foi morto a tiros, dentro do salão de sua propriedade, na rua trinta de Outubro no Jardim São Paulo, no dia 23/3, as 18:30h, segundo a policia os assassinos chegaram ao salão e iniciaram uma discussão com a vitima, houve luta corporal entre eles e um deles sacou a arma e efetuou dois disparos, após os disparos os homens fugiram de bicicleta e não houve testemunha que se reconhece o assassino. (Fonte: Folha Digital/PE, 25-3-2004)
  18. (PB) – 28/3/2004 – REGINALDO DA SILVA FILHO, homossexual, foi morto com lesões corporais, no bairro do Rio do Meio, na cidade de Bayeux, assassinos E. e A. S. L.. (Fonte: O Norte/PB, 28-3-2004)
  19. (PB) – 28/3/2004 – JOSINALDO GOMES DA SILVA, homossexual, foi morto com lesões corporais, no bairro do Rio do Meio, na cidade de Bayeux/PB, assassinos E. e A. S. L.. (Fonte: O Norte/PB, 28-3-2004)
  20. (PB) – 30/3/2004 – EDSON TEIXEIRA DA SILVA, 31, “Batatinha”, foi morto com uma facada no coração, caiu ao lado do guarda roupa na casa de um amigo, no dia 29/3, segunda, 3:00 madrugada, o corpo foi localizado na rua 15 de novembro, bairro rio do Meio, testemunhas contam que houve um tiroteio na rua e um dos homens que estava em uma moto, atingiu o cabeleireiro com uma facada, assassinos desconhecidos. (Fonte: O Norte/PB, 30-3-2004)

ABRIL: 18

  1. (SC) – 1/4/2004 – VALMIR JOSÉ GOMES, 34, desempregado, homossexual, morto com requintes de crueldade, enfiou os dedos, a mão e o braço no ânus da vítima, no dia 18/4, domingo, as 10:30 no bairro da Barra, em Balneário Camboriú, o crime aconteceu porque a vitima teria zombado do órgão genital, ofendido o assassino introduziu o braço no ânus, os gritos da vitima foram abafados com uma peça de roupa e ele continua até 1 hora da manha, o ferimento rasgou o intestino, o assassino M. L., 43, ex-presidiário, contou que foi molestado quando criança. (Fonte: A Noticia/SC, 1-4-2004)
  2. (PB) – 1/4/2004 – MARCOS ANTONIO GOMES, “Marquinhos e/ou Miss Palito”, cozinheiro, homossexual, o corpo foi encontrado num matagal como “Curva do S”, o superintende da policia Ivonaldo Teixeira e o Delegado Gilson Brito prenderam o assassino U. E. P. S., ex-presidiário, disse que foi convidado por um grupo de rapazes e a vitima estava junto, “me convidaram a fumar maconha e estava tentando me livrar do vicio”, a vitima foi ate sua casa e pediu para ter relações sexuais com o assassino, “começou a me acariciar e eu o recusei, ele continuou tentando e eu dei uma gravata e ele desmaiou, em seguida amarrei a vitima dei uma volta e quando voltei ele estava vivo”, falou ainda que “Não sei explicar o que me deu na hora, mas eu peguei uma corda no seu pescoço dele e matei, colocou o corpo no porta-mala” e fez a desova na mata. (Fonte: O Norte/PB, 1-4-2004)
  3. (PR) – 3/4/2004 – PAULO GUILHERME MEISSNER, 43, homossexual, morto com um corte no pescoço, o assassino fincou-lhe um objeto perfuro cortante, na madrugada, do dia 2/4, sexta, o corpo estava atrás da porta de entrada da residência da vitima localizada na avenida Desembargador Hugo Simas, bem em frente ao Hospital Pilar Bom retiro, a vitima vivia sozinho onde funcionava uma pequena fábrica de quepes militares, a policia encontrou o cenário de intensa briga, com móveis em desalinho, “Nunca vi tanto sangue em um local de crime”, falou o investigador Laertes, o pescoço da vitima foi furado com umas chaves de fenda o ferro virou uma arma na hora da briga segundo os peritos, havia uma camiseta azul suja de sangue em um terreno baldio, assassino desconhecido. (Fonte: Tribuna do Paraná/PR, 3-4-2004)
  4. (SC) – 7/4/2004 – JOÃO PAULINHO MARTINS, 36, enfermeiro, homossexual, sem causa mortis definida, segundo o delegado Ricardo Régis, da 1ª DP, São José, disse que o crime foi motivado pela falta de pagamento de serviços sexuais, o delegado ouviu os amigos que informaram que João tinha o costume de levar garotos de programa ao seu apartamento no bairro de Picadas do Sul, encontrado morto na manha de segunda, dia 5/4, seu ex-companheiro e amigo informou que os rapazes sempre tinham uma má aparência, informou que por várias vezes interviu nas brigas de João com os rapazes, assassino desconhecido. (Fonte: A Noticia/SC, 7-4-2004)
  5. (PR) – 20/04/2004 – ELISANDRO HERINQUE DE SOUZA, 22, travesti, profissional do sexo, morto com 4 tiros, na Piquiri na quinta-feira, 18/4, por volta dos 23h30, de acordo com a delegado Armando Braga, o acusado teria cometido o crime após ter feito um programa com a travesti, “pelo que sabemos, ele disse que não tinha dinheiro para pagar pelo serviço e ainda tentou assaltar Elisandro que reagiu e recebeu quarto tiros” afirmou o delegado. O suspeito do assassinado é conhecido como R. e que estava no Chevorlet Meriva azul com mais dois homens. (Fonte: Gazeta do Povo/PR, 20-4-2004)
  6. (SP) – 12/4/2004 – EDÍLSON COSTA, 27, “Débora”, travesti, presidiário, foi executado com dois tiros nas costas, na noite de sábado, 10/4, na frente de sua casa localizado no bairro Santo Antonio, Birigui, após deixar o presídio para visitar a família, o assassino segundo o pai da vítima, estava em uma motocicleta, a policia atribui a acerto de contas, assassino desconhecido. (Fonte: Folha de São Paulo/SP, Jornal da Tarde/SP e Correio Brasiliense/DF, 12-4-2004)
  7. (PA) – 13/4/2004 – VICENTE FERREIRA DE ALMEIDA, 80, caseiro, foi morto sem causa mortis, o local do crime foi a residência que trabalhava, localizada na rua São Francisco, bairro Santa Maria de Benfica, em Benfica, ele morava só na casa sendo o corpo localizado as 12:00h do dia 12/4, segunda, assassino desconhecido. (Fonte: O Liberal/PA, 13-4-2004)
  8. (SP) – 12/4/2004 – ELISANDRO HENRIQUE DE SOUZA, 22, “Ketlin”, travesti, profissional do sexo, foi morto com 4 tiros, 1 no pescoço e 3 no peito, estava esperando um cliente quando foi assassinado, estava próximo de poste, as 23:30, quinta, dia 15/4, na Rua Piquiri na Rebouças, o assassino desconhecido, atirou e saiu em um carro Scenic, cor prata e fugiu com outro indivíduos que o esperavam-no, uma testemunha relata que de repente o assassino saiu do carro e apontou a arma para a vitima atirando, esta disse “O que é isto?, o que esta acontecendo?”, o delegado Armando Braga garantiu que será investigado e disse que quando todos colaboram a elucidação é mais rápida. (Fonte: Tribuna/PR, 17-4-2004)
  9. (PE) – 20/4/2004 – MARIA PATRICIA SANTOS, 30, lésbica, morta com um tiro no peito morrendo no local, na avenida Cruz Cabugá, Rua Araripina, Bairro santo amaro [sic], o horário do assassinato foi às 24h, do dia 19/4, segunda, a vitima estava com uma amiga quando um homem inconformado com o fim do namoro disparou os tiros, o assassino de prenome E. ficou furioso quando soube que a ex-namorada estava envolvida com outra pessoa, sendo uma reação atitude da vitima, a policial disse que o crime foi passional. (Fonte: Pernambuco. Com Diário de Pernambuco/PE, 20-4-2004)
  10. (SC) – 22/04/2004 – NEI MACHADO CORDEIRO, 41, juiz do trabalho, homossexual, morto com dois tiros de uma pistola 380 e depois jogou a arma no rio, crime aconteceu na quinta-feira, 18/4, do mês de abril, em Guabiruba/SC. Assassino F. L. F., 23, segundo a Policia Federal a linha de investigação leve a um crime passional, pois os policiais descobriram que eles tinham um relacionamento há quarto anos, o acusado fez questão de falar com a imprensa para passar a sua versão de que tem namorada e que estava sofrendo assedio do juiz, no momento da prisão, o acusado portava um cheque no valor de R$ 19,2 mil de uma terceira pessoa. Segundo o acusado, o juiz queria que ele fosse morar na sua cidade e deu este cheque. (Fonte: www.glsplanet.com.br, Arquivo do GGB, 22-4-2004)
  11. (PB) – 26/4/2004 – GILVAN AUGUSTO NUNES, 20, “Sarita”, travesti, profissional do sexo, foi morto por pauladas, no Centro, na cidade de João Pessoal, assassinos desconhecidos. (Fonte: DD Sapé/Cecília, 26-4-2004)
  12. (PI) – 27/4/2004 – FRANCISCO FERREIRA LIMA, 48, homossexual, jornalista assassinado a facadas dentro da sua casa no Centro da cidade, assassino desconhecido garoto de programa, 18, os policiais informaram que o crime se caracterizou como latrocínio. (Fonte: Babilônia, [...]@bol.com.br, 6-7-2004)

  13. (RJ) – 27/4/2004 – MANUEL MIRANDA DOS SANTOS, 55, homossexual, sacristão da igreja Nossa Senhora da Luz, assassinado com golpes na cabeça, encontrado com as mãos e os pés amarrados, no Alto da Boa Vista, zona norte do Rio, encontrado morto na manhã do dia 26/4, segunda, na sala da sacristia, trabalhava a 28 anos e morava no porão da igreja, a policia informou que foi roubado R$ 391,00, par de tênis e castiçal, a versão dada leva a entender que foi latrocínio, não havia sinais de arrombamento, assassino desconhecido. (Fonte: Babilônia, Folha de São Paulo/SP, 27-4-2004)

  14. (PE) – 28/4/2004 – DESCONHECIDO, homossexual, causa da morte não identificada, em Santo Amaro, assassino S. M. L., 29 que foi pego após investigações e afirmou que ela não matou quem havia matado a vitima foi seu cunhado de nome “Carlinhos”, que era amante da vitima, não houve flagrante segundo o comissário Marcos de Sousa. (Fonte: Folha de Pernambuco/PE, 28-4-2004)

  15. (BA) – 28/04/2004 – JOSÉ IVO AMARAL, 55, empresário do Supermercado Joiamar LTDA, homossexual, localizado no Lobato, subúrbio ferroviário de Salvador, a causa da morte ainda não se sabe, segundo os peritos da Policia Técnica até 20h de ontem ainda não tinha a certeza de como Ivo foi assassinado, nem se a faca realmente teria sido colocada na sua mão ou se foi utilizada por ele para se defender, já que o local está bastante desarrumada, indicado que pudesse ter havido luta corporal; foi encontrado ontem por volta 13h dentro do estabelecimento pelo irmão A. E. S., estava desaparecido há três dias, segundo sua irmã era homossexual, atribuindo o que acontecido com ele a um provável acerto de contas entre os parceiros. (Fonte: Jornal A Tarde/BA, 28-4-2004)
  16. (RN) – 30/4/2004 – MARCO ANTONIO COSTA, 38, professor, homossexual, morto por enforcamento, o corpo localizado na casa da praia em Santa Rita, dia 28/4, quarta, na noite, por volta das 20:00h, o delegado Romualdo Galvão Junior, prendeu os assassinos M. C. P., 21, P. R. S., 18, “Nino” e o adolescente L.V.G. 16, esta foragido J. G. S., 18, que foi o mentor do crime, a policia recuperou os objetos roubados da casa da vitima. (Fonte: Diário de Natal/RN e Cotidiano/PE, 30-4-2004)
  17. (PE) – 30/4/2004 – EDILSON NEVES DE OLIVEIRA, 38, homossexual, morto a golpes de barra de ferro, a noite, do dia 28/4, quarta, na comunidade de coque, bairro de São José, o assassino A. F. S., 18, contou na delegacia de prazeres que a vitima ameaçou a mulher do acusado o que levou a ele a matar afirmou que não estava arrependido de ter matado a vitima, o delegado Marcelino Barbosa encaminhou o assassino a delegacia de afogados. (Fonte: Folha de Pernambuco/PE, 30-4-2004)
  18. (GO) – ?/4/2004 – CLOVIS, 24, negra, “Claudia”, travesti, foi esfaqueada e esquartejada, assassino desconhecido. (Fonte: L. M., [...]@yahoo.com.br/Go, ?-4-2004)

MAIO: 11

  1. (SP) – 1/5/2004 – SILVIO ALEGRI NETO, 16, “Shaiane”, travesti, profissional do sexo, foi assassinado com uma facada na barriga, na região do Bosque dos Jequitibás, no dia 1/5, sábado, as 21:00h, o local do crime foi na rua onde há uma grande incidência de prostituição infanto-juvenil, assassino desconhecido, negro, estava vestido com uma blusa florida na ocasião do crime segunda testemunhas. (Fonte: Correio Popular/SP, 6-5-2004)
  2. (PR) – 2/5/2004 – EDUARDO ODILON LIMA, 19, homossexual, foi assassinado com 4 tiros, no dia 28/4, quarta, as 19:00h, na rua João Crysostomo da Rosa, no Cajuru, uma quadra de sua casa, saiu de casa segundo seu irmão para fazer compras, algumas testemunhas disse que um homem de nome “Gaúcho” disse que na semana passada estava perseguindo a vitima e esta conseguiu fugir, a delegacia de homicídios esta investigando o casa [sic].(Fonte: Tribuna do Paraná/PR, 2-5-2004)
  3. (PB) – 8/5/2004 – LEANDRO C. A. BRASILEIRO, 20, homossexual, foi morto a tiros, no Jardim Veneza, na cidade de João Pessoa, assassino desconhecido. (Fonte: Correio da Paraíba/PB, 8-5-2004)
  4. (PE) – 18/5/2004 – DESCONHECIDO, 30 ou 40 homossexual, foi encontrado nu, com uma tara de pau enfiado no ânus, estava abraçado com outro homem que também foi assassinado, há uma forte suspeita de ter sido assassinato por grupo de extermínio, policiais; o crime aconteceu em Caruaru/PE, onde acontece a feira de Sulanca, local onde vários comerciantes vendem suas mercadorias. (Fonte: J. A., 18/5/2004, Caruaru/PE)
  5. (PE) – 18/5/2004 – DESCONHECIDO, 30 ou 40, homossexual, foi encontrado nu, com uma tara de pau enfiado no anus, estava abraçado com outro homem que também foi assassinado, há uma forte suspeita de ter sido assassinato por grupo de extermínio, policiais; o crime aconteceu em Caruaru/PE, onde acontece a feira de Sulanca, local onde vários comerciantes vendem suas mercadorias. (Fonte: J. A., 18/5/2004, Caruaru/PE)
  6. (PE) – 18/5/2004 – FRANCISCO DE ASSIS SEMEÃO DA SILVA, 49, “Chico”, empresário proprietário do deposito de gás, homossexual, foi encontrado morto com dois tiros no olho, no dia 16/5, as 23:00h dentro do estabelecimento, localizado em Olinda/PE, segundo vizinhos ele freqüentava a Igreja Universal, e era um homem de bem, uma testemunha disse que a vitima era homossexual e estaria apaixonado por um presidiário conhecido como “Leque”, “Chico gostava desse tal de Leque, que já matou mais de dez daqui da comunidade. Ele estava ate gastando dinheiro do bolso dele para tentar libertar o bandido”, contou ainda que muitas pessoas têm medo de “Leque” e que as pessoas estavam com medo dele ser libertado, pois muitos moradores depuseram contra ele, o policial Reginaldo da Silva acredita na probabilidade de latrocínio, pois o caixa do deposito estava vazio e aberto. (Fonte: Folha de Pernambuco/PE, 18-5-2004, Recife/PE)
  7. (MS) – 20/5/2004 – HAMILTON MORAES, 24, homossexual, cabeleireiro, foi degolado, com sinais de perfuração de faca no pescoço, dentro da sua casa, localizada na rua Cururipe, 36, Jardim Itamaracá em Campo grande/MT, a policia disse que já suspeita de alguém, trata-se de um vizinho da vitima, houve recentemente uma discussão com a vizinha, uma testemunha afirmou que viu um casal sair da casa da vitima correndo, em seguida entrei na casa e vi o Hamilton agonizando, assassinos desconhecidos. (Fonte: Correio do Estado/MS, 20-5-2004)
  8. (BA) – 26/05/2004 – NÍLSON BELO OLIVEIRA, 36, pai de santo, homossexual, foi morto com 3 tiros no domingo, o crime o correu pouco depois de a imprensa local ter noticiado que ele ganhou na justiça o direito a uma pensão, ao FGTS e ao PIS do seu companheiro C. A. O., 51, com que conviveu mais de 6 anos, a vitima teria direito a metade de uma casa construída durante a revelação de ambos, segundo o advogado a principal suspeita de autoria do crime, recai sobre familiares de C., que não se conformavam com relacionamento e muito menos com a vitória de Nelson na justiça logo depois da morte do companheiro, Nilson foi expulso por uma filha de C., da casa que os dois construíram e moravam. (Fonte: Jornal A Tarde, 26-5-2004)
  9. (MG) – 29/5/2004 – LUIZ ALBERTO, “Priscila ou Paloma”, pardo, 1,70 de altura, travesti, foi assassinado com requintes de crueldade, agredido a pauladas e estrangulado, marcas de facadas no pescoço, penas, braços e os órgãos genitais foram cortados, havia marcas profundas de violência sexual, o corpo foi localizado na rua Guimaranea, nº 99, Boa Vista, em Belo Horizonte/MG, o corpo jogado em frente ao salão que a vitima trabalhava, os policiais disseram que usava roupas femininas e unhas pintadas, assassino desconhecido. (Fonte: GAPA/MG, [...]@gapamg.org.br e Clube Rainbow, [...]@uol.com.br, 29-5-2004)
  10. (SP) – 31/5/2004 – HAMILTON, homossexual, foi assassinado com 10 facadas, em um posto de gasolina por volta das 3h da madrugada segundo algumas testemunhas, a vitima saiu de uma boate chamada Cálamo, que é freqüentado pelo público GLBT, o suspeito do crime é C. H.. (Fonte: Cidade Alerta, TV Record/SP, 31-5-2004)
  11. (PA) – 31/5/2004 – DESCONHECIDO, homossexual, foi assassinado sem causa mortis descrita, seu corpo foi localizado em uma vila, no bairro de São Brás, em Belém, segundo descrição dos policiais o corpo estava nu, a policia estima que foi morto no dia 29/5, a delgada Graça Bezerra esta investigando o caso e falou que os vizinhos disseram a vitima era homossexual, assassino desconhecido. (Fonte: O Liberal/PA, 31-5-2004)

JUNHO: 15

  1. (PA) – 1/6/2004 – TARCISIO DAS NEVES GOMES, 25, produtor de ventos e artista plástico, homossexual, foi morto a facadas nas costas e uma pancada na cabeça provavelmente foi um peso de halteres que foi utilizado para bater na cabeça, suas mãos estavam amarradas com um lençol, o corpo foi encontrado na kitnete em que ele morava há um ano em São Brás, o quarto estava todo revirado segundo a policia que afirmou ter havido entre a vitima e o assassino luta corporal, o capitão Sabbá da 2º Zona foram chamados pelos vizinhos, que identificaram um cheiro forte saindo do apartamento da vitimas e chamaram a policia, o celular da vitima desapareceu e vários objetos foram levados da casa, assassino desconhecido. (Fonte: O Liberal/PA, 1/6/2004)

  2. (BA) – 6/6/2004 – EDUARDO HENRIQUE DA SILVA DOS SANTOS, 43, homossexual, foi morto a golpes de faca e estrangulamento, o corpo foi encontrado no apartamento duplex localizado na rua Castelo Branco, nº 11, quadra A, 2º andar, Itapuã, quem matou a vitima roubo alguns objetos e deixou a porta e janelas fechadas levando a chave, é provável que o assassinato segundo peritos tenham sido no dia 4/6, sexta, o corpo já estava em estado de gigantismo e em meio a uma poça de sangue coagulado na entrada do quarto no primeiro pavimento coberto com um lençol, aparentemente houve luta corporal, vizinhos falaram que não ouviram nada e disseram que ela não fazia mal a ninguém, assassino desconhecido. (Fonte: Correio da Bahia, 6/6/2004)

  3. (PE) – 9/6/2004 – ERIVAN FRANCISCO DA SILVA, 43, merendeiro e vendedor de cosméticos, homossexual, foi assassinado com uma facada no pescoço e vários hematomas no rosto e corte no olho, dentro de sua residência um quartinho nos fundos de uma residência, em cima da cama apenas de cueca, no bairro de Sucupira em Jaboatão dos Guararapes/PE, na segunda 7/6, madrugada, testemunhas relatam que a vitima recebi [sic] muitas visitas masculinas e que estava de férias, o quarto estava todo revirado, o caso esta sendo investigado pela delegacia de Cavaleiro, assassino desconhecido. (Fonte: Folha Pernambuco/PE, 9-6-2004)

  4. (GO) – 10/6/2004 – MOACIR BERNADINO, 60, padre, foi assassinado com dois tiros no dia 9/6, quarta, durante a noite, e teve o corpo jogado na avenida de grande movimento da Vila Mauá na região sudoeste, no mês de março o padre foi preso por suspeita de ter assassinado o padre A. C. junto com o estudante D. P., a policia ouviu cinco testemunhas, porem não houve esclarecimento do crime, o padre também estava sendo acusado de desvio de verba da paróquia que coordenava, segundo informações o padre era homossexual e a policia afirma que a causa foi latrocínio, assassino desconhecido. (Fonte: O Popular/GO, Agência do Estado/GO, O Estado de São Paulo/SP, 9-6-2004)

  5. (PE) – 12/6/2004 – PAULO LUIZ DO SANTOS, 50, homossexual, arquivista da empresa de Urbanização, morto com perfurações no pescoço, provocado com um saca-rolha, os pés e as mãos estavam amarrados com fios elétricos, o corpo foi encontrado no seu apartamento que fica no bloco A-5, conjunto Dom Helder Câmara, em Piedade, Jaboatão dos Guararapes/PE, a vitima estava de bruços em cima da cama, a porta estava entre aberta e sem a chave, o filho e o ex-esposa da vitima também estiveram no apartamento não prestaram declarações, foi roubado a carteira e o celular da vitima, a policia disse que foi assalto seguido de morte, assassino desconhecido. (Fonte: Folha de Pernambuco/PE, 12-6-2004)

  6. (PA) – 15/6/2004 – ILDEFONSON MENDES DUARTE, 52, homossexual, pintor de paredes e decorador, foi morto por estaqueamento, 3 facadas, dentro da sua residência, a vitima conseguiu se arrastar até a porta da frente, localizado na passagem São Pedro , 8, Maguari, vizinhos informaram que ouviram os pedidos de socorro da vitima, e ficaram com medo de socorrer, foi encontrado pelos vizinhos no dia 14/6, as 5:00h, assassino desconhecido. (Fonte: O Liberal/PA, 15-6-2004)

  7. (PE) – 15/6/2004 – DONICIO CIRILO DE MACEDO, 48, homossexual, coordenador geral do Colégio Maria Auxiliadora, foi morto a facadas e tinha um lençol amarrado ao pescoço, o corpo já estava em estado de decomposição, estava caído no cão da sala, apenas de bermuda rodeado de copos e garrafas, assassinado no dia 11/6, quinta, madrugada, em seu apartamento de número 04, a sub-sindica disse: “Ele vivia só há mais de sete anos aqui, nunca deu problema e era uma pessoa bastante educada e bondosa”, testemunhas falaram que ele chegou acompanhado de um homem, vizinhos disseram que ele era uma pessoa fina e culta e todos gostávamos dele, ele costumava trazer pessoas para o seu apartamento, os vizinhos desconfiaram que havia algo errado no apartamento ao olharem pela janela avistaram o corpo, a policia foi chamada na casa vários móveis e utensílios estavam revirados, o que dá a entender que foi latrocínio, um fato que chamou a atenção dos policiais é que os jornais acumulados no apartamento da vitima fora entregue pelo jornaleiro e este ao entregar já teria visto o corpo e não comunicou a policia, assassino desconhecido. (Fonte: Folha de Pernambuco/PE, 15-6-2004)

  8. (AL) – 17/6/2004 – MARCOS ANDRÉ DOS SANTOS, 24, “Amanda ou Marquisa”, homossexual, liderança do grupo gay de tabuleiro, foi assassinado a tiros, os olhos foram arrancados havia muitas marcas de espancamento com uma chave de rodas e pedaço de pau e vestígio de abuso sexual, tinha preservativos no local e a roupa estava amassada o que levou a indicar luta corporal entre a vitima e o assassino, no dia 9/6, quarta, em um trecho da ladeira Cotolé, próximo do distrito Rio Novo, a mãe da vitima disse que ele não tinha inimigo, e que o filho fazia programas e que não tinha envolvimento com drogas, o corpo estava próximo à fazendinha, assassino desconhecido. (Fonte: Ordem Advogados/PE, 17-6-2004)

  9. (CE) – 17/6/2004 – ANTONIO CARLOS ALVES MARTINS, 36, homossexual, professor e coordenador pedagógico da escola Milton Façanha de Abreu, foi encontrado morto com duas facadas, uma no rosto e a outra no pescoço, o corpo estava de bruços sobre a cama, no dia 14/6, segunda, em sua residência que não aparentava sinais de luta corporal, pois todos os objetos estavam em seus devidos lugares, a policia trabalha com a hipótese de latrocínio, desapareceu o celular e a bicicleta da vitima, a vitima foi encontrada pelos sobrinhos que foram ate sua casa e a porta estava encostada, tudo indica que o assassino tinha livre acesso a casa, em Mulungu/CE distante 112 quilometro de Fortaleza, testemunhas contam que o professor foi visto quando marcava um encontro com um adolescente que tinha um relacionamento e que tinha prometido um presente ao assassino, o sargento da PM José Armando revelou que quem estiver com o celular participou do crime, assassino desconhecido. (Fonte: O Povo e Diário do Nordeste/CE, 17-6-2004)

  10. (RJ) – 17/6/2004 – FRANZ ULLMANM, 56, homossexual, professor foi encontrado morto com indicio de tortura as mãos e os dedos foram quebrados, ele foi jogado do sétimo andar e havia corte por todo o corpo, muito sangue no apartamento, o crime aconteceu no dia 16/6, quarta, durante a noite, no Leme zona sul, testemunhas falaram para o delegado Fernando Veloso, da 12º DP, que a vitima recebeu um casal em sua residência sumiu dinheiro e máquina fotográficos, assassinos desconhecidos. (Fonte: Folha On-line/RJ, 17-6-2004)

  11. (PE) – 21/6/2004 – DRAUCE FERREIRA DA SILVA JUNIOR, 47, homossexual, corretor de seguros e plano de saúde e funcionário publico, foi morto por estrangulamento com um lençol, espancado, tinha uma perfuração na perna direita e lesões na cabeça, no Edf. Alfredo Bandeira, Boa Vista, apartamento 1602, por volta das 20:00h, do dia 16/6, quarta, estava despido dentro de um quarto coberto na cintura com um tolha de banho com o rosto encapuzado por um pano, os tecido estavam coberto de sangues [sic], de acordo com a perícia disseram que o assassino tentou matar o corretor com pancadas, o porteiro escutou uma movimentação estranha no apartamento e ligou para outro morador que tinha algum pedindo socorro [sic], os policia [sic] se depararam com a porta aberta e constaram [sic] a morte da vitima, a policia ainda cogita a idéia de latrocínio, assassino desconhecido. (Fonte: Portal Cardinot/PE, Folha de Pernambuco/PE e A. C./RN, 21-6-2004)

  12. (RN) – 21/6/2004 – PLABO GERMANO, homossexual, dentista, foi assassinado por degolamento, o local do crime foi o seu consultório, segundo informações dos policiais após o assassinato os criminosos usaram o celular da vitima ligando para amigos o que facilitou a policia de prender-los, mesmo com todas as evidencias a família não fala sobre o fato da homossexualidade da vitima, assassinos A. H. C. R., 18 e F. F. S., 21. (Fonte: A. C., [...]@droguistas.com.br, 17-8-2004)

  13. (AM) – 29/6/2004 – CARLOS ALBERTO NOGUEIRA, 46, “Carlinhos”, diarista, homossexual, foi morto com seis facadas e uma pancada na cabeça, a Policia suspeita de 03 homens conhecidos por D., R. e M.. (Fonte: Diário do Amazonas/AM, 29-6-2004)

  14. (PE) – ?/6/2004 – DESCONHECIDO, “Zé”, foi morto a pauladas na cabeça, o corpo foi encontrado pela policia trajando uma cueca que estava na altura o joelho, na quarta, madrugada, estava em um motel em construção na entrada de Limoeiro, no 77º quilômetros de Recife, assassino R. A. P., 29, vigia, contou que passaram a tarde do crime bebendo ao lado do motel, as 18:40 o acusado chamou a vitima para ir ao culto e este recusou dizendo que “odiava os crentes”, então a vitima foi tomar banho e quando saiu o acusado o chamou de novo e este disse a mesma coisa, neste momento “senti um ódio grande e o matei”, negou a policia que tenha tido relação sexual com a vitima, o delegado que esta apurando o caso Marcus Camurça contou que o assassino matou dormiu e no outro dia escondeu o corpo e lavou o chão e coloco cal para limpar as manchas de sangue, o delegado ainda afirmou que o assassino é muito frio, e que este foi acusado por ter tentado agarrar mulheres na rua, além de segundo sua ex-compnheira tem perversões sexuais. (Fonte: Folha de Pernambuco/PE, ?-6-2004)

  15. (GO) – ?/6/2004 – LEANDRO, 28, branca, “Leandra”, travesti, esfaqueada e degolada na sua residência, o corpo foi encontrado em estado de putrefação, em Aparecida de Goiânia/GO, assassino desconhecido. (Fonte: L. M., [...]@yahoo.com.br/Go, ?-6-2004)

JULHO: 14

  1. (PE) – 5/7/2004 – BRAZ ALVES DE MAGALHÁES FILHO, 42, advogado trabalhista e candidato a vereador, homossexual, foi morto por complicações de queimadura, morreu na madrugada, dia 4/7, domingo, após ser encontrado no porta-mala do seu carro dia 16/6, que estava em chamas, foi retirado do carro com as mãos amarradas e mais de 35% do corpo queimado, foi imediatamente levado para o hospital, mas não resistiu, pois o estava vulnerável a uma infecção, devido as queimaduras, o clima é de revolta pela monstruosidade do crime afirmou os primos do advogado, disseram ainda que “Braz era uma pessoa muito solidária e dedicado as causas das entidades beneficentes”, assassinos desconhecidos, a policia GOE tem um suspeito e o delegado Antonio Barros disse que o assassino foi M. J. O., e D. S. F., que descreveram como mataram o advogado, que abordaram a vitima e sacaram R$ 500,00, sendo D. que decidiu matar. (Fonte: Diário de Pernambuco/PE, Vida Urbana/PE, 5-7-2004)

  2. (SP) – 4/7/2004 – FERNANDO A.M., 33, homossexual, cabeleireiro, morto com três tiros nas costas, corpo foi encontrado na fazenda Cantagalo, em Cravinho/SP, sexta, 2/7, segundo os assassinos eles planejaram a morte do cabeleireiro uma semana antes, assassinos AR, 25, AHL, 19, mototaxis e CLPN, 38, a vitima implorou para não ser assassinado , ao receber o primeiro tiro correu mas foi golpeado com mais dois tiros, os acusados retiraram muitos objetos da casa da vitima, C. descreveu que matou o cabeleireiro porque este tinha um relacionamento homossexual com Fernando e isso o incomodou muito, a morte foi rápida, desceram do carro sacaram a arma e o cabeleireiro pensou que era uma brincadeira, mas depois viu que os assassinos não estavam brincando. Foi decreta prisão temporária para os acusados que ficarão no 1º DP até a conclusão do inquérito. (Fonte: N. H., [...]@yahoo.com.br, A Verdade/SP, 4-7-2004)

  3. (MG) – 10/7/2004 – EXPEDITO DE SOUZA, 58, homossexual, foi morto por espancamento após ser roubado, o local do crime foi próximo a sua casa, em Campanha/MG, o corpo foi achado em uma sarjeta, tinha hematomas nos olhos e muitos machucados na cabeça, o lado do copo foi paralisado e seu abdômen ficou muito machucado devido aos vários chutes, segundo informações da policia havia uma testemunha de nome L. que estava acompanhando o assassino que é um adolescente, apesar de não ter participado do crime não fez nada para impedir o assassinado. (Fonte: Babilônia, Clube Rainbow, [...]@uol.com.br, 17-8-2004)

  4. (PI) – 10/7/2004 – VALFREDO ALVES SACARIAS, 52, “Cícero Pezinho”, homossexual, deficiente físico, foi morto por enforcamento com o fio do DVD, e torturado com garfadas, na madruga de domingo foi encontrado nu e seu carro verde encontrado no Km 132, morador de um bairro pobre e populoso, era muito trabalhador e respeitado pela comunidade, alguns pertences da vítima foi roubado, como TV 29’, DVD, fitas, frigobar, roupas, perfumes, assassino desconhecido. (Fonte: Babilônia, [...]@bol.com.br, 6-7-2004)

  5. (RJ) – 15/7/2004 – ITABAJARA BARBOSA, 32, travesti, foi morto com uma pedrada na cabeça, que esmagou o crânio, no dia 14/7, quarta, na travessa dos Lavradores, em Nova Iguaçu, o delegado adjunto da 56º DP, Marcos Santana investiga o crime e disse que foi motivado por preconceito, o local do crime foi próximo do conjunto habitacional da Mangueira. (Fonte: Hora H/RJ, 15-7-2004)

  6. (RN) – 10/7/2004 – VALDEMIR SIMONETH CAMILO DA SILVA, 27, “Michelle”, travesti, cabeleireiro, foi morto com 4 tiros nas costas, na madrugada, do dia 10/7, sábado, em frente da boate Vogue, no Alecrim, zona leste de Natal, a vitima estava bebendo em um quiosque na avenida presidente Bandeirantes, acompanhado do cunhado, por volta da 1h um homem não identificado, desceu da garupa da moto e efetuou os disparos, após o assassinato o homem voltou a garupa, o delegado Elias Nobre de Almeida Neto, disse que o caso esta sendo investigado pela 3ºDP, assassino desconhecido, suspeito o italiano A. L., 43. (Fonte: O Jornal de Hoje/RN, 10-7-2004)

  7. (RN) – 12/7/2004 – ANGELO LODALA, 43, homossexual, italiano, foi morto com 2 tiros, na pousada Anjo onde residia, na Vila de Ponta Negra, as 19:30, a comerciante ligou para a policia falando que ouviu disparos, a policia foi até o local e o sargento Sergio Silva disse que encontrou o corpo dois bilhetes e um chaveiro no local do crime, alguns familiares disse [sic0] que provavelmente o italiano teria mandado matar a travesti “Michelle”, o italiano segundo testemunhas era casado com a irmã de “Michele”a dona de casa M. C. S., os policiais suspeitaram que o casamento era apenas para que o italiano tivesse naturalização brasileira, o crime esta sendo investigado e foi encontrado um bilhete dizendo, “Eu sou inocente, eu juro que não fiz nada de errado pela morte de Michelle, peço perdão pelos meus pecados e perdôo todos que fizeram mal a mim, não consigo viver sem Michelle minha vida acabou ninguém deve se culpar pela minha morte, deixo meu carro a pessoa que mais me ajudo e o restante por conta de C., a irmã de Michelle”. (Fonte: Jornal de Hoje/RN, 12-7-2004)

  8. (RJ) – 12/7/2004 – DESCONHECIDO, travesti,sem causa morti descrita, morreu na via publica, próximo do bairro cidade Deua, Jacarepaguá, no dia 10, a noite, assassino desconhecido. (Fonte: R. P., [...]@ig.com.br/RJ, 12-7-2004)

  9. (RJ) – 12/7/2004 – DESCONHECIDO, travesti,o nome foi descoberto, mas ainda não foi revelado, sem causa morti descrita, morreu na via publica, próximo do bairro cidade Deua, Jacarepaguá, no dia 10, à noite, assassino desconhecido. (Fonte: R. P., [...]@ig.com.br/RJ, 12-7-2004)

  10. (BA) – 15/7/2004 –FRANCISCO ALVES DE ALMEIDA, 56, “Chico do Acarajé”, pai de santo, homossexual, foi morto com 5 tiros, na porta de casa localizado no bairro de Campo Limpo, que aconteceu no dia 13/7, terça, e foi cometido por 2 homens que procuraram a vítima como se fosse ser atendido, os homens chegaram na casa de motocicleta, a policia disse que na hora do crime estava também em casa a filha de santo JSM, 73 e que o assassino estava de capacete, o crime esta sendo investigado pela 2º DP de feira de Santana/Ba pelo delegado Aldacyr Santos, o delegado informou que ouviu duas testemunhas mas ainda não há nada que elucide o crime, assassinos desconhecidos.(Fonte: A Tarde/Ba, 15-7-2004)

  11. (GO) – 17/7/2004 – ANTONIO DO PATROCINIO LEITE, 36, “Mirian”, travesti, foi esquartejado no dia 10/7, pela tarde em um lote na Vila Rosa, região sul de Goiânia, assassino M. J. S., 24, ambulante, que revelou e a policia que não se lembrava de nada, e alega que foi em legitima defesa, estava sob efeito de álcool que vinha tentando se livrar a dois anos da dependência contou que marcou um programa com a travesti por R$ 20,00 e que foi tomar banho quando voltou sua carteira já não estava ali, lutaram e que a vitima avançou em sua direção com uma chave de fenda e daí tomou a ferramenta e a matou, disse que não lembrou de nada se lembrando apenas no dia seguinte, segundo os legistas disse que a travesti não estava com nenhum vestígio de luta e que foi atacada quando estava indefesa. (Fonte: Diário da Manha/GO,17-7-2004)

  12. (RJ) – 18/7/2004 – ALESSANDRO VALETIM DOS SANTOS, 22, homossexual, negro, foi assassinado por espancamento e 4 tiros no peito e na barriga, dentro de um ônibus, da linha 790/Cascadura – Campo grande, Viação Transporte Oriental, as 21:30h do dia 18/7, domingo, três assaltantes perceberam que ele era homossexual, assassinos não foram identificados, o caso esta sendo apurado na 29º DP de Madurera.(Fonte: R. P., [...]@ig.com.br e E. I. Triângulo Rosa/RJ, 12-7-2004)

  13. (AM) – 26/7/2004 – JOSÉ MARIA PAZ, sem causa mortis, assassino A.L. (adolescente), informação cedida pela Delegacia de Homicídios e Seqüestros, pois não tem registros nos jornais locais. (Fonte: A Crítica, Estado do Amazonas, Amazonas em Tempo, Diário do Amazonas/AM, 26-7-2004)

  14. (PA) – 27/7/2004 – SERGIO ROBERTO DOS SANTOS, homossexual, pai de santo, assassinado com várias facadas, o local foi sua casa, quando estava dormindo por volta de 6:00 h, na rua das orquídeas, 39, Tapanã, o motivo do crime segundo testemunha era o ciúme do marido de F. S., que era uma seguidora dos conselhos espirituais do pai de santo assassinado, o criminoso tinha um ódio mortal da vitima, a testemunha chave é o irmão do pai de santo, J. A. S., que viu o assassino com a arma do crime na mão e quando este o viu correu atrás dele para tentar lhe matar também, mas não conseguiu, assassino C. U. S., 32 anos. (Fonte: O Liberal/PA e A. C., 27-7-2004)

  15. (GO) – ?/7/2004 – DESCONHECIDO, “Adriana”, travesti, foi morta com 3 facadas, assassino desconhecido. (Fonte: L. M., [...]@yahoo.com.br/Go, ?-7-2004)

AGOSTO: 6

  1. (SP) – 12/8/2004 – GUIDO SPOZITO, 56, homossexual, italiano, empresário, ramo gastronômico, foi assassinado com uma perfuração no pescoço, a arma do crime foi uma caneta, no dia 8/8, domingo, entre 6:00h e 7:00h da manha, o local do crime foi em sua casa no bairro Estoril, área de classe média, segundo informações da policia o assassino foi encontrado após investigarem um documento escolar, o alarme da casa disparou e em seguida a policia se dirigiu para o local encontrando a vítima caído na sala da casa, o delegado Osmar Ribeiro Santos que entrou em contato com a escola após encontrar um comprovante de matricula na roupa deixada pelo assassino, ao chegar na casa do assassino o encontrou com a roupa da vitima, o assassino confessou o crime, é adolescente e contou que conheceu o italiano na boate Baiúca.La, disse que se desentendeu com a vitima, pois acertaram o programa por R$100,00 (cem reais), uma testemunha disse que além do adolescente teria outra pessoa junto com ele.(Fonte: Jornal da Tarde/SP, 12-8-2004)

  2. (PR) – 12/8/2004 – CARLOS ALBERTO SACRAMENTO, 30, travesti, foi assassinado com dois tiros na madrugada de 11/8, após uma discussão, o assassinato ocorreu no centro da cidade, segundo informações da policia o criminoso disse que queria apenas pregar uma peça na travesti, e a convidou para dar uma volta, assassino E. L. W., 23, comerciante, disse o superintendente da policia civil Bernardo Kiriam Neto que o comerciante após deixar a travesti no mesmo local sentiu que estava sem a carteira, surgiu uma discussão, nervoso o assassino sacou a arma um revolver calibre 38 acertando um tiro na cabeça e outro na perna da vitima. (Fonte: Grupo Renascer/PR, [...]@ig.com.br, 12-8-2004)

  3. (AM) – 16/8/2004 – NORMANDO VERÇOSA, sem causa mortis, assassino não identificado, informação cedida pela Delegacia de Homicídios e Seqüestros, pois não tem registros nos jornais locais. (Fonte: Delegacia de Homicídios e Seqüestros, 16-8-2004)

  4. (MA) – 17/8/2004 – CLAUDIO,40 ou 50 anos,homossexual, professor, foi assassinado com dois tiros na cabeça, o tiro segundo testemunhas foi dado quando a vitima estava gozando sendo o corpo encontrado na posição de 4, foi enterrado como indigente, pois não tinha parentes, os amigos resgataram o corpo e fizeram o enterro na cidade de Sitio Novo, em Tocantins, é provável que o assassino seja um michê. (Fonte: S. C. M., [...]@yahoo.com.br, 17-8-2004)

  5. (BA) – 23/8/2004 – MARCO ANTONIO SANTOS SILVA, 46, homossexual, professor da rede publica, foi encontrado morto provavelmente morto a facadas ou objeto contundente, o local do crime foi sua casa no caminho 13, casa 15, no conjunto Fazenda Coutos, no dia 19/8, quinta, o corpo foi encontrado em estado de gigantismo, e segundo a policia o irmão da vitima encontro a casa toda revirada houve luta e o corpo estava na cozinha da casa, o delgado da 5º Delegacia Antonio Silva Carvalho irá ser realizado o levantamento cadavérico e iniciar as investigações para descobriu como foi morto, ainda segundo o mesmo quem matou a vitima teria acesso a casa pois não há indícios de arrombamento, os vizinhos disseram que o professor era uma pessoa comunicativa e a casa era freqüentada por rapazes, os vizinhos não ouviram nada de anormal, assassino desconhecido. (Fonte: Babilônia, Jornal A Tarde/BA, 23-8–2004)

  6. (SP) – 25/8/2004 – ANTONIO CORDEIRO, 56, homossexual, padre, foi morto por um murro na cabeça, na madrugada do dia 22/8, domingo, na casa da vitima que esta localizada em Presidente Prudente, 580 quilômetros da capital, segundo informações da policia o assassino foi encontrado em Marilia dirigindo o carro de marca Gol, da vitima, sem documento, detido foi levado para a delegacia Seccional de Marilia, onde confessou o crime, ao delegado Calcildo Galindo o acusado revelou que tinha relações sexuais com o padre, e que sempre que não tinha dinheiro o pároco ajudava, no dia do crime recusou ter relações sexuais alegando que estava com dor de estômago, a vitima insistiu agarrando a força o assassino, então este matou o padre, assassino W. R. B., 27. (Fonte: Diário de São Paulo/SP, 25-8-2004)

  7. (ES) – ?/?/2004 – LUCIANO CLAUDIO SARIVA, 41, homossexual, paisagista, assassinado por espancamento, o local do crime foi no Motel Tipiti, na Avenida Carlos Lindemberg, Alecrim, segundo testemunhas estava acompanhado de um rapaz, os policiais foram chamado e levaram para o hospital, mas a vitima não resistiu, os investigadores da Divisão de Homicídios e proteção a Pessoa, a vitima e seu algoz teria entrado no Motel por volta das 4:30h, em um carro de marca Fiat de propriedade da vitima, e as 5:10h o assassino tentou fugir do local arrancou o toldo da suíte do motel, mas foi barrado pela cancela automática, funcionários encontraram a vitima agonizando e havia sangue por todo o quarto o celular da vitima foi roubada a carteira e o som do carro, segundo amigos Luciano vivia a 3 anos em Vitória/ES, era uma pessoa tranqüila, o delegado Altair Ferreira informou que parentes da vitima iria vir ao Estado para a casa da vitima, assassino desconhecido. (Fonte: Jornal a Gazeta/ES, ?-?-2004)

SETEMBRO: 5

  1. (GO) – 11/9/2004 – DESCONHECIDO “Marcinha”, travesti, foi assassinada a tiros, no dia 11/9, as 3:00h, sábado, no setor aeroviário em Goiânia/Go, testemunhas contam que o assassino desceu da moto e atirou na vitima a queima roupa, quando a vitima conversava com outra travesti, conta também que o assassino disse; “Agora você não fura mais ninguém”, assassino desconhecido. (Fonte: Jornal o Popular/GO, 12-9-2004)

  2. (AM) – 12/9/2004 – GENIVAL CORDOVIL DO NASCIMENTO, sem causa mortis, assassino não identificado, informação cedida pela Delegacia de Homicídios e Seqüestros, pois não tem registros nos jornais locais. (Fonte: Delegacia de Homicídios e Seqüestros, 12-9-2004)

  3. (SP) – 24/9/2004 – EDUARDO COSTA, 38, “Duda”, homossexual, produtor cultural, foi morto violentamente espancado, tendo vários dentes quebrados, o coração perfurado por uma costela, costelas quebradas e o fígado destruído, o local do crime foi no banheiro do terminal de ônibus de passageiros Valongo, em Santos/SP, no dia 24/9, sexta feira, as 12:00h, segundo testemunhas chegou a ser levado para o hospital, mas não resistiu, o caso foi registrado na 1º Delegacia de santos, existem fortes indícios de ter sido vitima de homofobia, todos sabem que o banheiro foi lavado antes da perícia chegar para verificar o crime, porem mesmo sendo lavado foram encontrados dentes da vitima no local, a irmã da vitima disse que houve conivência de algum funcionário do terminal, pois nada foi registrado na câmera do terminal e ninguém disse ver ou ouvir nada, os policiais Willian Dias e Ernesto Ramponi compareceram ao pronto de socorro na ocasião e também ouviram a versão de que a vitima teria caído no banheiro do terminal, porem o médico legista Fernando Bobbi afirmou que Eduardo foi espancado, assassino desconhecido. (Fonte: A Tribuna, 26/9/2004, Correio Popular, Folha de São Paulo/SP, 27-9-2004 e Avelima, 9-2004)

  4. (SP) – 24/9/2004 – CLAÚDIO CIRILLO AMARAL, 35, homossexual, enfermeiro, foi morto a pauladas, com golpes na cabeça, no dia 23/9, quinta-feira, madrugada, o corpo foi localizado a 100 metros da casa da vitima no bairro Carangola, Petrópolis/RJ, segundo o delegado Pablo Valentim da 105º DP, Cláudio foi morto a pauladas ou pedradas, porem a arma do crime não foi encontrada, o corpo foi encontrado pelos vizinhos, o rosto estava desfigurado e havia marca de chutes nas costas, segundo a irmã da vitima S. A., a vitima era portador de HIV, amigos contam que ele não revelava ser portador, dizia que se prevenia e por isso não precisava contar nada, e sua irmã tem certeza que foi assassinado por ser portador de HIV, assassino desconhecido. (Fonte: O Dia/RJ, 24-9-2004)

  5. (AM) – 26/9/2004 – ARTHUR MATOS DE ANDRADE, sem causa mortis, assassinos W. F. S. e F. M. L., informação cedida pela Delegacia de Homicídios e Seqüestros, pois não tem registros nos jornais locais. (Fonte: Delegacia de Homicídios e Seqüestros, 26-9-2004)

OUTUBRO: 10

  1. (DF) – 4/10/2004 – JORGE LUIZ VELOSO ALMEIDA, 41, homossexual, funcionário publico, bancário, foi morto por estrangulamento em seu apartamento, localizado no bloco B, superquadra, a arma do crime foi o sei [sic] cinto, o corpo foi encontrado no domingo, 29/9, as 23:55, pelo amigo o qual dividia o apartamento, estava apenas vestido com roupa intima, caído no chão do quarto, as câmeras do prédio registraram que a vitima estava acompanhado de dois homens em seu carro e as 4:00 horas os assassinos saíram da garagem, muitos objetos de valor não foram roubados e estava intactos, a 1º Delegacia esta apurando o caso, segundo a policia não parece ser um crime encomendado, o investigador Antonio Anapolino de Souza o carro ainda não havia sido encontrado e as imagens irão ser analisadas juntamente com as impressões digitais encontradas, parece que o crime é de cunho homofóbico, assassinos desconhecidos. (Fonte: Correio Brasiliense/DF, Grupo Estruturação/DF, 5/10/2004, O Popular/GO, 31-10-2004)

  2. (RJ) – 5/10/2004 – LUIS ANTONIO, 63, homossexual, militar aposentado e pai de santo, “Luis de obaluae”, foi assassinado com um tiro na cabeça, em sua casa, como permaneceu vivo os assassinos o amararam e queimara, no dia seguinte uma vizinha observou a fumaça e chamou os bombeiros que entraram na casa e verificaram que o pai de santo estava carbonizado, assumidamente homossexual desenvolvia trabalhos sociais com adolescentes, resgatando de boca de fumo e colocando na escola, a vizinha ficou chocada, pois segundo a mesma ele era um bom homem, assassinos desconhecidos. (Fonte: Associação Triangulo rosa, Caixa Posta, 77224, Nova Iguaçu/RJ, 5-10-2004)

  3. (AM) – 14/10/2004 – NILSON AMORIM DA SILVA, 35, cabeleireiro, homossexual, foi morto com três tiros em frente de sua residência, até agora nenhum suspeito foi preso, sabe-se, no entanto, que os tiros foram disparados por 02 motoqueiros, assassinos desconhecidos. (Fonte: A Crítica, Diário do Amazonas, Amazonas em Tempo/AM, 14-10-2004)

  4. (SP) – 16/10/2004 – WILLIAN GONÇALVES, “Xandinha”, travesti, foi assassinada a tiros quando estava dentro de táxi, em Capinas, segundo testemunha após ser chamada para ir ao hotel encontrar um cliente, esta pegou um táxi e no caminho o veiculo foi interceptado por um carro vermelho ocupado por dois homens que atiraram matando a travesti e o taxista, a testemunha, outra travesti conseguiu sobreviver e afirma que uma outra travesti que encomendou o crime, assassino suspeito P. A. S. M., “Adriana”, travesti, o delegado Renato Lauer, titular do 10º DP disse que a travesti e os dois homens são os principais suspeitos, conversamos por telefone e “Adriana” negou e que iria se apresentar a policia. (Fonte: Correio Popular/SP, 16-10-2004)

  5. (GO) – 20/10/2004 – DESCONHECIDO, travesti, foi encontrado morto atingida com 6 tiros, , no rosto, e cinco no peito, por volta das 3:00h, no dia 19/10, terça-feira, na rua Dr. Sebastião Hugo de Morais, próximo ao Morro do medonha, região oeste, a policia esteve no local uma rua deserta e mal iluminada e recolheram as cápsulas de numero 380 , policia não sabe o motivo do crime, o corpo estava com as pernas dobradas e o tronco para trás, o delegado Jorge Moreira disse que “tudo indica que, ao ser alvejado, ele estava de joelhos, pedindo clemência ou fazendo sexo oral com o autor do assassinato, um único vizinho disse que ouviu disparos por volta das 3:00 horas, o delegado ainda falou que pode ter havido um desacerto no pagamento do cachê, “normalmente há um consumo excessivo de bebida alcoólica entre homossexuais e clientes, que aumenta o risco de desfecho violento” . (Fonte: O Popular/GO, 20-10-2004)

  6. (SP) – 20/10/2004 – FÁBIO DE SÁ LEITÃO, 24, cabeleireiro, homossexual, foi assassinado esfaqueado, a arma do crime foi uma espada denominada de Sabre, espada curta que corta penas de um lado, o crime aconteceu em sua residência, seu corpo foi escondido no armário, na rua João della Mana, após conhecer um matador em serie por internet, o delegado Luiz Ozilak, 34º DP, explicou que o assassino é suspeito de pelo menos 4 crimes semelhantes, de aparência e comportamento frio o suspeito faz o contato pela internet e em seguida mata e rouba a vitima, a policia também relatou que após ouvir gritos um vizinho chamou a policia que esteve no local, mas aparentemente o assassino estava calmo, convidando os policiais a entrarem na casa, por esse motivo os mesmos não entraram na residência, assassino V. P. S., 30, disse que discutiu com a vitima por causa de sexo, entraram em luta corporal, foi preso em Osasco/SP. (Fonte: Diário de São Paulo/SP, 20-10-2004; Agora São Paulo/Sp, 8/11/2004)

  7. (PB) – 21/10/2004 – JOSÉ HENRIQUE SOBRINHO, 45, bissexual, professor, foi morto a tiros, no bairro de Mirante, na cidade de campo Grande/JP, assassino desconhecido. (Fonte: Correio da Paraíba, Jornal da Paraíba e O Norte/JP, 21-10-2004)
  8. (MG) – 26/10/2004 – JAIRO MOTA HOSKEN, homossexual, colunista, foi morto a pauladas dentro da sua casa, segundo testemunhas o motivo do crime foi porque a vitima não teria pagado o que prometeu, mas ninguém quer testemunhar sobre o acontecido, e parece que será engavetado o caso, em Carongola, Zona da Mata,/MG, assassino desconhecido. (Fonte: O. R., [...]@terra.com.br, 26-10-2004)

  9. (GO) – 31/10/2004 – DEUSMAR GOMES, travesti, foi encontrado morto sem causa mortis definida, no dia 30/10, sábado, manhã, em sua casa localizada no jardim Luz, Aparecida, segundo testemunhas a vitima pode ter sido morta após um programa, assassino desconhecido. (Fonte: O Popular/GO, L. M./GO, 31-10-2004)

  10. (GO) – ?/10/2004 – JOSIAS OLIVEIRA, 22, “Nayrane Ravache”, travesti, foi morta por envenenamento, a arma do crime foi silicone industrial quadris e peito, segundo testemunhas a assassina, outra travesti teria inveja da vitima e por esta razão aplicou mais silicone do que deveria, assassina desconhecida. (Fonte: L. M., [...]@yahoo.com.br/Go, ?-10-2004)

NOVEMBRO: 18

  1. (PE) – 1/11/2004 – LEDNILSON PAULO DE OLIVEIRA BARBOSA, 27, foi encontrado morto foi morto com um objeto contundente, os ferimentos foram na testa, e tinha muitos hematomas, provocado provavelmente por pauladas, o corpo estava no Sitio Histórico de Olinda, no dia de 29/10, sexta feira, de acordo com os peritos foi assassinado por volta das 22:00h, os moradores da área disse [sic] que o local não é muito visitado e o perito Rubem Rodrigues disse que o pé da vitima tinha escrito José Sergio, Paula a irmã da vitima disse que o nome do pé é do rapaz que tinha um relacionamento com a vitima, assassino desconhecido. (Fonte: folha de Pernambuco/PE, 1-11-2004)

  2. (AM) – 2/11/2004 – ELISEU PAULO GUEDES LIMA, 27, cabeleireiro, homossexual, foi assassinado dentro de sua própria residência, apresentava uma facada profunda no abdômen, duas outras no peito e uma quarta facada no pescoço, a polícia trabalha com a hipótese de latrocínio, assassino desconhecido. (Fonte: A Crítica, Estado do Amazonas, Amazonas em Tempo, Diário do Amazonas/AM, 2-11-2004)

  3. (AM) – 4/11/2004 – FRANCISCO COSME DE SOUZA, 48, cabo eleitoral, foi encontrado morto e estrangulado dentro da sala de sua casa, a policia ainda não tem suspeitos. (Fonte: Diário do AM, Estado do AM, Amazonas em Tempo/AM, 4-11-2004).

  4. (AM) – 5/11/2004 – ELTON SALES TEIXEIRA, sem causa mortis, assassino não identificado, informação cedida pela Delegacia de Homicídios e Seqüestros, pois não tem registros nos jornais locais. (Fonte: Delegacia de Homicídios e Seqüestros, 5-11-2004)

  5. (RJ) – 5/11/2004 – RONALD WARMN, 59, homossexual, norte-americano, foi morto sem causa mortis definida, o corpo encontrado no apartamento da vitima, no dia 4/11, quinta-feira, em Botafogo, zona sul, RJ, foi encontrado um ventilador cheio de sangue e vários objetos fora do lugar, a policia afirmou que a vitima morreu a mais de duas semanas quando o corpo foi encontrado, vivia no Brasil desde outubro, assassino desconhecido . (Fonte: Folha de São Paulo/SP, 5-11-2004)

  6. (MA) – 6/11/2004 – VALDIR DA SAÚDE, homossexual, foi assassinado sem causa mortis parente, este assassinato foi desvendado e tido pelo juiz como mortes em série relacionadas como crime sexual, pois só era direcionado a homossexuais e prostitutas, para o delegado Daniel Brandão foram presos diversos PMs, a partir do relato de testemunhas, assassinos A. A. C., L. C. A., policiais, em São Luiz/MA. (Fonte: Jornal Pequeno/MA, 6-11-2004)

  7. (PR) – 6/11/2004 – NICOLAU RODOLFO WAGNER, 82, frei, homossexual, foi assassinado por estrangulamento, a arma do crime foi uma meia, o crime aconteceu por volta das 3:00h, sábado, 6/11, o local do crime foi no hotel Casa Verde, local que se encontrava com o assassino, na cidade de União de Vitória/Pr, segundo relato do criminoso a relação durava já a 6 anos, ainda sob confissão dada ao delegado Jaime da Luz, o frei sustentava financeiramente o assassino, conta também que: “Nas circunstâncias que estávamos, eu não tinha outra saída. Era a minha reputação. Se eu batesse nele, iria me incomodar ainda mais”, assassino V. B. S., 19, falou que “Não estava mais gostando da cara dele, discutimos e ele acabou subindo”, foi ouvido e liberado, a delegacia esta apurando, segundo moradores da cidade todos sabiam da existência de uma relação entre a vitima e assassino, mas ninguém levava a sério os comentários, quando o frei conheceu o seu algoz este tinha 14 anos. (Fonte: O estado de Paraná/Pr, 6-11-2004)

  8. (MA) – 6/11/2004 – EVANDRO PEQUIA, homossexual, foi assassinado sem causa mortis parente, este assassinato foi desvendado e tido pelo juiz como mortes em série relacionados como crime sexual, pois só era direcionado a homossexuais e prostitutas, para o delegado Daniel Brandão foram presos diversos PMs, a partir do relato de testemunhas, assassinos A. A. C., L. C. A., policiais, em São Luiz/MA. (Fonte: Jornal Pequeno/MA, 6-11-2004)

  9. (MA) – 6/11/2004 – GILONE, homossexual, foi assassinado sem causa mortis parente, este assassinato foi desvendado e tido pelo juiz como mortes em série relacionados como crime sexual, pois só era direcionado a homossexuais e prostitutas, para o delegado Daniel Brandão foram presos diversos PMs, a partir do relato de testemunhas, assassinos A. A. C., L. C. A., policiais, em São Luiz/MA. (Fonte: Jornal Pequeno/MA, 6-11-2004)

  10. (?) – 8/11/2004 – EDNA FERNANDES LIOCÁDIO, 26, lésbica, comerciante, foi assassinada com 4 tiros no tórax, no dia 7/11, por volta 21:40h, o assassinato aconteceu na quadra 2, no seu estabelecimento, setor oeste gama, foi socorrida não resistindo aos ferimentos, amigos da vitima foram atingidos também, e segundo a policia Edna foi vitima de homofobia, morta porque é homossexual, os suspeitos já estão sendo investigados pela policia, a delegada Martha Vargas da 20º DP dois homens atiraram na vitima e acrescentou que a mesma namorava uma pessoa do mesmo sexo e que o crime poderia ter sido encomendado, o amigo F. que também foi atingido disse que os homens queriam mata´la de qualquer forma, assassinos desconhecidos. (Fonte: Jornal O Coletivo, 8-11-2004)

  11. (GO) – 12/11/2004 – LEONARDO DE ANDRADE SIMÃO, 29, homossexual, analista de sistemas, foi assassinado por atropelamento após ter sido sedado por ropynol, tranqüilizante, após ter sido sedado Leonardo invadiu a pista e foi atropelado morrendo no local, no dia 23/10, sábado, a vitima estava descalço e cambaleando sendo atropelado por um ônibus na BR 153, Perímetro Urbano de Goiânia, a principio pensou-se que a vitima tivesse se embriagado, porem estava sob efeito de remédios que tomou a força, um tempo depois de ter sido abordado por assaltantes, Leonardo cursava a pós-graduação, no local do crime a vitima estacionou a caminhonete e foi abordado pelos assaltantes, assassinos A. M., 19 e G., 17 adolescente. (Fonte: A., [...]@drouguistas.com.br e Folha de Pernambuco/PE, 13-11-2004)

  12. (MA) – 13/11/2004 – DESCONHECIDO, homossexual, foi assassinado a pedradas na cabeça, estava nu da cintura para baixo e com a camisa levantada, não tinha nem carteira e nem documentos, segundo informação da policia tinha também um preservativo usado ao lado do corpo, o local onde foi encontrado em um pequeno manguezal, atrás da 5º regional Empresa de Urbanização, assassino desconhecido. (Fonte: A., [...]@drouguistas.com.br e Folha de Pernambuco/PE, 13-11-2004)

  13. (SP) – 13/11/2004 – RODRIGO MONTEIRO SAKAVICIUS, 23, estudante, homossexual, foi assassinado a facadas, porem antes de matar o estudante os assassinos tentaram enforcar com um cadarço de tênis, o local do crime foi em Paranápiacaba, em 29/8, domingo, a políca [sic] disse que dois rapazes enganaram a vitima dizendo que eram guia turísticos, e que a vitima foi assassinada por ser homossexual, no dia do crime a vitima saiu da cidade de São Paulo onde morava e foi para a cidade de Paranápiacaba sozinho praticar rituais de Wicca, não conhecia bem a região e foi pedir informações aos assassinos, a irmã de Rodrigo disse “ainda bem que prenderam os assassinos. Outras famílias podem ficar livre de sofrimentos”, assassinos R. G. S., 22 e F. M. E., 21 disseram no depoimento que mataram a vitima por não suportar o jeito afeminado de Rodrigo, cobraram R$5,00 (cinco reais) pelo serviço e falaram que: “durante o caminho a gente se irritou com o jeito dele. Desmunhecava muito, era cheio de frescuras. Não suporto homossexuais”, R. conta também que a idéia de matar a vitima partiu dele e de F., deixaram o corpo no local e foram embora, no dia seguinte voltaram lá e ocultaram o corpo com folhagens, o delegado Adilson de Lima falou que os assassinos podem pegar até 30 anos por motivo torpe. (Fonte: Diário do Grande ABC/SP, 13-11-2004)

  14. (SC) – 13/11/2004 – DESCONHECIDO, homossexual, foi assassinado a pedradas na cabeça, estava nu da cintura para baixo e com a camisa levantada, não tinha nem carteira e nem documentos, segundo informação da policia tinha também um preservativo usado ao lado do corpo, o local onde foi encontrado em um pequeno manguezal, atrás da 5º regional Empresa de Urbanização, assassino desconhecido. (Fonte: A., [...]@drouguistas.com.br e Folha de Pernambuco/PE, 13-11-2004)

  15. (MG) – 17/11/2004 – RAFAEL VECCHI, homossexual, foi assassinado no final de semana, sem causa mortis parente, os familiares suspeitam de ter sido morto por homofobia, em Guaruá/MG, assassino desconhecido. (Fonte: O. B. J., 17-11-2004)

  16. (SC) – 18/11/2004 – EDILSON VIEIRA FRAGA, 41,homossexual, jornalista, foi assassinado por espancamento e asfixiado, tinha vários ferimento no rosto, desferido por um objeto contundentes, a violência foi tamanha que o maxilar da vitima foi quebrado, foi encontrado morto 16/11, terça-feira, na rua Willy Kestern, Jardim Caiobig, no bairro João Paulo, em Florianópolis/SC, uma região deserta, o corpo estava em estado adiantado de putrefação e só foi reconhecido por usar uma aliança, segundo informações da policia o motivo do crime foi morte e roubo, de acordo com o delgado Alber Figueiredo, os suspeitos levaram o carro do jornalista e seguiram em direção ao Paraná, sendo o carro encontrado no ferro-velho, em Lages, o delegado não sabe se a violência fora praticada dentro do carro, pois este estava lavado. (Fonte: Diário Catarinense e [...]@diário.com.br, 18-11-2004)

  17. (RJ) – 22/11/2004 – N/I, 34, homossexual, empresário, foi assassinado com vários tiros na cabeça, encontrado morto no dia 14/11, domingo, em Várzea das Moças/Rj, (Fonte: Extra/Rj, 21-11-2004)

  18. (PE) – 25/11/2004 – MARCOS ANTONIO BANDEIRA, 51, homossexual, advogado, foi assassinado por asfixia e estrangulamento, a arma do crime foram duas gravatas que estavam envolta do pescoço, , a vitima tinha as mãos amarradas para trás com um cinto e com dois plásticos cobrindo o rosto, o crime ocorreu em sua casa localizada na rua Luiz de Carvalho, nº 448, Bairro Novo, Olinda/Pe, a delegada Olinda Maria Consuelo que registrou a ocorrência levantou dois motivos para o assassinato vingança ou crime passional, relatou também que a vitima estava despida numa cama de casal de bruços, a casa não estava com sinal de desordem, também não existia sinal de arrombamento indicando que o advogado conhecia o assassino, as filhas teriam saído para a faculdade, segundo informações o advogado era viúvo, assassinos desconhecidos. (Fonte: Folha de Pernambuco/PE, 25-11-2004)

DEZEMBRO: 7

  1. (RJ) – 2/12/2004 – NEIF GOMES DA SILVA, 51, “Neif de omulu”, funcionário público, homossexual, foi morto a tiros no centro do Rio, o assassinato foi registrado na 5º DP, assassinos desconhecidos, apenas sabe-se que são michês. (Fonte: Associação Triangulo Rosa – Eugênio/Rj, (21) [...].3476, 2-12-2004)

  2. (RJ) – 2/12/2004 – WILLIAM DONIZETE PICELLI, 20, homossexual, vendedor, foi assassinado a tiros, a arma do crime foi uma 9milimetros, no dia 11/12, sábado, manha, o crime aconteceu em uma loja de informática na rua Vitória, centro de São Paulo/SP, segundo informações de policiais a vitima foi morta porque estava assediando o assassino A. F. P., 21, a policia também informou que aparentemente a vitima levou 2 tiros e teve seu rosto desfigurado. (Fonte: Agora São Paulo/Sp, 12-12-2004)

  3. (CE) – 14/12/2004 – EMANOEL PAULA PESSOA, 49, “Emanuelly”, travesti, cabeleireiro, foi morto por espancamento, no dia 13/12, segunda-feira, durante a madrugada, aproximadamente as 2:00h, no local onde morava conjunto Timbó, bairro Piratininga, em Maracanaú/CE, o brutal assassinato aconteceu entre as esquinas de Ouro Preto e Ouro branco, a vitima teria saído no carro do irmão no domingo e bebendo nos bares desta localidade, segundo testemunhas dois homens o atacaram com pontapés o matando, a policia se dirigiu ao local, a delgada afirmou que o crime foi por pura ‘maldade’ e praticado com requintes de crueldade e um dos assassinos é filho de um sargento da Policia Militar, mas os assassinos já teriam fugido descobriu suspeitos de nome “D.” e “M. B.”. (Fonte: A. C., [...]@droguistas.com.br, 14-12-2004)
  4. (CE) – 14/12/2004 – DESCONHECIDO, homossexual, foi morto por espancamento e estrangulamento, encontrado seminu, apenas de cueca por volta das 12:00h, sábado, 11/12, na rua Rufino Alencar, onde funcionava um posto de gasolina, a vitima estava sem documentos, assassino desconhecido. (Fonte: A. C., [...]@droguistas.com.br, 14-12-2004)

  5. (PR) – 15/12/2004 – ALFREDO SEBASTIÃO IONK, 32, cabeleireiro, homossexual, foi morto com ferimento no peito, sem causa aparente, o corpo foi encontrado na residência localizada na rua Carmen Maito Stinglin, Portão, local onde teria também um salão, estava nu sobre a cama, e quem o matou roubou diversos objetos e o carro da vitima, a policia acredita que o crime aconteceu nos dias 10 ou 11/12, sexta ou sábado, para o delgado Rubens Recalcatti é provável que Alfredo tenha sido morto por alguém que entrou livremente na casa e com quem manteve relações sexuais, era divorciado e não tinha filhos, o carro foi localizado com a carteira da vitima seus documentos e dinheiro ainda estavam lá, será feito uma perícia no carro. (Fonte: P. S., [...]@gmail.com, 15-12-2004)

  6. (PB) – 24/12/2004 – DEILDO BARROS, 50, homossexual, enfermeiro, foi morto por estrangulamento, o corpo foi encontrado após os vizinhos sentirem forte cheiro que saia da residência da vitima, já estava em estado de decomposição o que dificultou o trabalho da perícia, segundo a policia o apartamento da vitima estava fechado já a algum tempo, localizado na Rua Visconde de Itaparica, centro, João Pessoa/PB, a porta foi arrombada e o cadaver foi removido, a delegada Joela Gomes, 2º Delegacia Distrital não destaca ser homicídio, pois muitos objetos da vitima foram roubados, um colega de trabalho disse que a vitima é homossexual, assassino desconhecido. (Fonte: Jornal da Paraíba/Pb, 24-12-2004)

  7. (BA) – 29/12/2004 – GERALDO SILVA NASCIMENTO, 27, homossexual, transformista, foi morto com dois tiros na cabeça, no dia 26/12, domingo, as 6:00h, quando saía de um posto de conveniências na avenida Otavio Mangabeira, e este se dirigia para sua residência em Amaralina, a Delegada Celina de Cássia Fernandes Santos informou que existem algumas contradições entre o depoimento do assassino e das testemunhas e que o garçom nunca teve relacionamento com a vitima e que estava se defendendo, pois este teria o ameaçado de morte com um canivete, contrariando a sua tese de legitima defesa, assassino D. S., 23, garçom, que se apresentou na 7º CP, no Rio Vermelho. (Fonte: A Tarde/Ba, 29-12-2004)

 SEM DATA: 5

  1. (MG) – ?/?/2004 – LUIZ CARLOS INOCÊNCIO SILVA, 33, “Carlinha”, travesti, foi encontrado morta por espancamento, tendo o olho perfurado, segundo legista não fora o ferimento que o levou a morte, o crime aconteceu numa sexta-feira, os assassinos entraram na casa da vitima, na rua Niterói, Veneza II, local onde fora encontrado maconha, cachimbo e um martelo com cabo quebrado, a equipe da 82º DP comandada pelo capitão Leôncio Botelho, apurou o crime e identificou os assassinos como I. S. L., 21, ajudante, ”Menor”, F. N. S., 23, lanterneiro e R. V. S., 34, houve várias denuncias que o crime fora realizado por três pessoas, o cabo Geraldo Martins acredita que o motivo do crime foi vingança. (Fonte: O AGM-Associação Gay de Minas, [...]@yahoo.com.br, ?-?-2004)

  2. (RJ) – ?/?/2004 – PAULO NAZARIAN, homossexual, artista plástico e médico de formação, especializado em Psiquiatria, foi assassinado com uma facada nas costas e outra no peito, segundo relato de amigos, a vitima foi até a porta, conseguiu abrir e gritou por socorro, mas ninguém teve coragem de socorre-lo, o assassino puxou de volta pelos cabelos para terminar de matar Paulo, ficou um rastro de sangue no piso de cerâmica, e o assassino após a crime fugiu no carro da vitima, segundo relato do assassino disse que beberam muito e fumaram maconha, houve um desentendimento quanto ao valor do programa, “o Paulo ameaçou chamar os homens, peguei uma faca de cozinha e ataquei a bicha, ele gritou, tentou reagir, mas era fraquinho”, assassino F., fugiu da cadeia e os policias foram prende-lo e na troca de tiros F. foi atingido morrendo na troca de tiros. (Fonte: T. R./RJ, ?-?-2004)

  3. (AM) – ?/?/2004 – GREYFFI OLIVEIRA DE SOUZA, “Greyff Kelly”, sem causa mortis, assassina D. F., travesti, informação cedida pela Delegacia de Homicídios e Seqüestros, pois não tem registros nos jornais locais. (Fonte: Delegacia de Homicídios e Seqüestros, 26-9-2004)

  4. (GO) – ?/?/2004 – DESCONHECIDA, 26, negra, foi morta por degolamento e esfaqueada, o corpo foi encontrado dentro da caçamba de lixo nua, enterrada como indigente, assassino desconhecido. (Fonte: AGLT/Go, ?-?-2004)

  5. (GO) – ?/?/2004 – RAFAEL, 21, parda, “Rafaela”, travesti, foi morta com 5 tiros nas costas e na cabeça, em Cruzeiro/Go, assassino desconhecido. (Fonte: L. M., [...]@yahoo.com.br/Go, ?-4-2004)

[FIM]

2 respostas para Relatório 2004

  1. Vossa senhoria anda faltando às aulas de estatística, meu caro?
    Aí vai uma resposta de quem já respondeu sua questão. Ludibriar leigos pq sabe que a população não sabe matemática?! I’m so sorry, é má fé.
    “Olá, tive todo o trabalho de ler sua pergunta, por isso peço que leia a minha resposta, onde vou esclarecer as falhas do seu raciocínio.

    Esses 200 assassinatos se referem a mortes causadas pela intolerancia sexual, E NÃO é uma estatística de morte de gays em geral (é claro que o dado não é confiável, mas ainda assim seu raciocínio está errado, e a maior prova vou mostar adiante).

    No ano de 2007, ocorreram 47.707 assassinatos. Tire 200, sobram 47.507. Nesses assassinatos, há gays e héteros. Se vc considerar 3% da população gay, então 1.425 gays morreram por diversos motivos. AGORA SOMA 200 gays que morreram por crime de ódio. Vc estava fazendo estatística com o número 200, mas a estatística certa é 1625 gays.

    Agora a maior prova do erro: seu raciocínio está tao errado, que ele resultou numa estatística menor de morte para gays do que para heteros!!! Isso é absurdo! Não existe nenhuma tendência ou explicação para morrerem menos gays do que heteros. Vc deve concordar comigo que, independente dos números, é certo que gays são assassinados, além dos mesmos motivos que os heteros, por um motivo a mais: a homofobia.
    Agora releia o que vc mesmo escreveu e reflita: “os gays são menos propensos a sofrer violência e assassinatos que o resto da população”. Isso condiz com a realidade ou houve um erro na sua conta?

    Agora vou mostrar as falácias dos outros argumentos seus:

    o código penal já preve a punição sim, mas não é eficaz na prevenção da violencia contra os gays. Tornar a leimais rígida nesse caso tem a função de evitara as mortes, e não apenas a punição. Se vc pensa assim, deveria ser contra a lei de desacato aof uncionário publico, por exmeplo, ou a lei do racismo. Esta lei nao veio pra por branco na cadeia, veio para QUEBRAR OS PRECONCEITOS, e tem dado certo nessa função preventiva.

    “Quantas pessoas morrem…?” – suas perguntas não fazem sentido, e o ponto exato do erro do seu raciocínio é o uso do verbo DESVIAR. Vc fala como se precisássemos ESCOLHER um entre vários grupos sociais, e nao eh assim. A democracia nao eh o espaço da maioria, é o espaço de TODOS. combater o preconceito nao aumenta fila em hospitais, nem prejudica a luta contra as drogas.

    Alias, um cara famoso (mas eu esqueci o nome) disse uma vez q os gays sao uma minoria que nao pede muito. Para deficientes, tiveram de derrubar muros e construir rampas. Os gays só pedem cidadania e respeito.

    Se uma lei puder evitar 200 mortes por ano, nao é um avanço contra a insuficiencia da justiça brasileira?”
    Fonte: http://br.answers.yahoo.com/question/index?qid=20101220193238AAZgMBm

    • Você se deu ao trabalho de colar aqui uma resposta dada em outro contexto, mas não se deu ao trabalho de ler nossos relatórios, onde notamos que muitas destas mortes são passionais, outras ocorrem por latrocínio, envolvimento com o tráfico de drogas, etc.

      Crimes comuns que podem ocorrer com qualquer cidadão, em função da violência em nosso país. Veja as tabelas, e compare com as notícias de onde elas são retiradas. São estas notícias que o Grupo Gay da Bahia usa para gerar seus relatórios sobre ‘homofobia’, mas analisando as notícias, vemos que a conclusão é outra.

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s